Tamanho do texto

"É muito bom ganhar prêmios como este, me sinto ainda mais querido, valorizado e reconhecido pelo trabalho" disse Carlos Eduardo

O brasileiro Carlos Eduardo, do Al-Hilal, foi eleito o melhor jogador da Arábia Saudita e foi premiado com carro
Reprodução
O brasileiro Carlos Eduardo, do Al-Hilal, foi eleito o melhor jogador da Arábia Saudita e foi premiado com carro

Ídolo local, artilheiro das competições, campeão e constantemente ganhando presentes. Esta tem sido a rotina do meia Carlos Eduardo, do Al Hilal, time da Arábia Saudita. Em votação aberta na internet promovida por uma rádio do país, o brasileiro foi eleito pelos torcedores como o melhor jogador do primeiro turno do campeonato saudita. O prêmio: um carro.

LEIA MAIS: Brasileiro que sofreu racismo na Sérvia desabafa: "Chorei de raiva e indignação"

"É muito bom ganhar prêmios como este, me sinto ainda mais querido, valorizado e reconhecido pelo trabalho que venho fazendo. Foi uma premiação concedida pela rádio mais famosa do país, a 'UFM'. Lógico que já temos a motivação que precisamos para sempre fazer o melhor, mas que isso dá um gás a mais, dá (risos)", disse o brasileiro , que relembrou outras conquistas recentes na Arábia.

"Fui bicampeão da Copa Saudita com o Al Hilal. Agora, estão vindo também os títulos individuais. Esta ‘conquista’ se juntará ao troféu que ganhei de melhor jogador do mês e outro de melhor da rodada na Champions League asiática", continuou.

LEIA MAIS: Justiça egípcia determina pena de morte a 10 torcedores por tragédia em estádio

Apesar do sucesso inquestionável e da idolatria atingida no país, Carlos Eduardo não descarta jogar em um outro centro do futebol mundial quando o seu contrato com o Al Hilal terminar.

"Sempre pensei em jogar na Europa ou no Brasil, afinal, tenho muita carreira ainda pela frente. Continuo com o contrato vigente aqui no Al Hilal por mais um ano, então só penso aqui agora. Quero dar ainda mais alegrias aos torcedores que me dão tanto carinho e aos dirigentes, que apostam no meu futebol", finalizou.

Carreira

Carlos Eduardo de Oliveira Alves tem 27 anos e está na Arábia desde 2015, onde já disputou cerca de 36 jogos e fez mais de 20 gols. Foi revelado pelo Desportivo Brasil em 2008, mas lá pouco jogou. Foi transferido para o Ituano no mesmo ano, onde ficou até 2009 e foi contratado pelo Fluminense. Jogou em 2010 no Grêmio Barueri, esta que foi sua última passagem no futebol nacional.

LEIA MAIS: Pai de jogador do Corinthians morre em acidente de elevador no Rio de Janeiro

O brasileiro então foi para o Estoril, de Portugal, onde ficou de 2010 a 2013. Foi para o Porto e firmou contrato de dois anos, mas acabou sendo utilizado no Porto B e ainda foi emprestado para o Nice, da França.

    Leia tudo sobre: futebol