Tamanho do texto

Meio-campista do Sevilla posou ao lado da esposa, Giovanna, e da mais nova filha, Stella. Ele ainda é pai de outras duas crianças, Henrico e Maria Victoria

Ganso não tem tido muitas oportunidades dentro de campo
Divulgação
Ganso não tem tido muitas oportunidades dentro de campo

Atualmente jogador do Sevilla, o meio-campista Paulo Henrique Ganso tornou-se pai pela terceira vez. Aos 27 anos, o meia mostrou aos seus seguidores do Instagram os primeiros momentos ao lado da filha, Stella, que veio ao mundo na última terça-feira (14), ao lado da esposa Giovanna Costi.

LEIA MAIS: Maradona e namorada discutem em hotel de Madri e até polícia é acionada

Com a cônjuge, Ganso já é pai de um menino, Henrico, que tem 3 anos. Fruto de um outro relacionamento, ele ainda é pai de Maria Victoria, a mais velha. “Nossa família está maior e mais feliz desde ontem. Nossa princesa Stella chegou!!! Linda e saudável, com 53 cm e 3,400 kg. #stellachegou#maisumaprincesa #felicidadedefine”, escreveu o jogador na rede social.

LEIA MAIS: Pogba vai enfrentar o irmão mais velho pela primeira vez dentro de campo

Veja a postagem abaixo





Os dois filhos mais velhos de Ganso juntos, quando ele ainda jogava no São Paulo

#DeDomingo #AmoresDoPapai #ObrigadoSenhor #MariaeHenrico #Morumbi #Amomuito #GoldoPapai #Inspiracao #DeusAbencoe

Uma publicação compartilhada por PH Chagas de Lima Costi (@phganso) em

Ganso no futebol

Revelado pelo Santos em 2008, Ganso viveu seu melhor momento no clube da Baixada Santista entre 2010 e 2011. Ao lado do amigo Neymar, conquistou o Campeonato Paulista de 2010 e a Copa do Brasil do mesmo ano. No ano seguinte, foi novamente campeão estadual e o maior título de sua carreira até aqui: a Copa Libertadores da América. Em 2012, ainda conquistou mais um Paulista e uma Recopa Sul-Americana, ante de se transferir para o São Paulo.

LEIA MAIS: Brasileiro é processado no futebol árabe por ter "corte de cabelo antiético"

No escrete tricolor não conquistou títulos e viveu momentos bons e ruins. Justamente em seu melhor ano, 2016, foi vendido para o Sevilla a pedidos do técnico Jorge Sampaoli. Na Espanha, no entanto, teve poucas oportunidades de mostrar seu futebol.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.