Tamanho do texto

Massimo Moratti, no entanto, fez questão de ressaltar que o clube nerazzurro não contratou o "Gabriel errado", no caso, Gabigol, ex-Santos

Massimo Moratti sonha em ver Gabriel Jesus na Inter de Milão
Reprodução
Massimo Moratti sonha em ver Gabriel Jesus na Inter de Milão

Há menos de dois meses vestindo a camisa do Manchester City, Gabriel Jesus já está enchendo os olhos na Europa. Nesta terça-feira (14), o ex-presidente da Inter de Milão, Massimo Moratti, disse que sonha em ver o atacante brasileiro com o uniforme nerazzurro em breve.

LEIA MAIS: Jogadores ao redor do mundo comemoram o Valentine's Day; veja fotos

"Assim como no boxe é preciso um grande boxeador para te fazer se apaixonar, vi nele [em Gabriel Jesus ] um jogador que te faz se apaixonar novamente pelo futebol", declarou à emissora "Sky Sport" o ex-cartola, que não tem mais cargo na Inter de Milão, comandada por chineses desde outubro de 2014.

"Quando se vê jogadores assim, se pensa no seu potencial e aonde podem chegar", acrescentou. Massimo Moratti, no entanto, fez questão de ressaltar que o time de Milão não contratou o "Gabriel errado" ao apostar em Gabriel Barbosa, o Gabigol, ex-jogador do Santos, que dividira os holofotes com Jesus nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

LEIA MAIS: Meia de 21 anos renova com o Tottenham e vai receber quase R$ 100 mil por semana

Até aqui, o atacante revelado nas categorias de base santista não conseguiu deslanchar na Itália e vem tendo poucas oportunidades para entrar em campo. "São jogadores diferentes, e por enquanto o outro soube se apresentar melhor", continuou.

O menino Jesus, como é chamado, chegou a ser cortejado pela Inter no ano passado, mas o Manchester City, de Pep Guardiola, que inclusive ligou para o atleta, ganhou a briga para contratá-lo.

Bom momento e lesão

Em cinco partidas na Inglaterra, o atacante revelado pelo Palmeiras já marcou três gols e ajudou quando mais o time precisava. Entretanto, logo no início da partida Bournemouth, nesta segunda-feira (13), Gabriel Jesus lesionou-se sozinho e precisou ser substituído por Aguero, que havia perdido a posição entre os titulares. Após exames realizados pelo Manchester City, descobriu-se que ele fraturou o quinto osso do metatarso do pé direito , terá que passar por cirurgia e deve ficar entre dois e três meses longe dos gramados, o que o tirará das fases decisivas do Campeonato Inglês e também da Liga dos Campeões da Uefa. *Com informações da Ansa

    Leia tudo sobre: futebol