Tamanho do texto

"Após 21 anos incríveis, eu decidi que agora é o momento ideal para encerrar minha carreira de jogador profissional", escreveu Lampard em rede social

Ídolo do Chelsea, Frank Lampard anuncia aposentadoria aos 38 anos
Reprodução
Ídolo do Chelsea, Frank Lampard anuncia aposentadoria aos 38 anos

O futebol inglês se despede de um ídolo. O ex-jogador e capitão do Chelsea e da seleção inglesa, Frank Lampard, anunciou sua aposentadoria dos gramados nesta quinta-feira (2). O comunicado foi feito pelo próprio atleta, por meio de um vídeo postado em seu Instagram .

LEIA MAIS: Steven Gerrard anuncia aposentadoria do futebol após 19 anos de carreira

"Após 21 anos incríveis, eu decidi que agora é o momento ideal para encerrar minha carreira de jogador profissional. Mesmo eu tendo recebido uma série de ofertas legais para continuar jogando tanto na Inglaterra quanto fora, aos 38 eu sinto que é o momento de começar um novo capítulo na minha vida", escreveu Lampard .

"Tenho imenso orgulho de todos os troféus que conquistei, por ter representado a seleção do meu país mais de 100 vezes e marcado mais de 300 gols na carreira", continuou o agora ex-jogador de 38 anos. Ele também agradeceu aos familiares, amigos, técnicos e funcionários de todos os times que atuou na carreira, em especial ao Chelsea.

Lampard é ocacionado por torcedores do Chelsea
Divulgação
Lampard é ocacionado por torcedores do Chelsea

"Claro que a maior parte do meu coração pertence ao Chelsea, o clube que me deu tantas grandes memórias. Nunca esquecerei a oportunidade que me deram e o sucesso que conseguirmos ter juntos", disse.

LEIA MAIS: Heltton, o "gato" da Copinha, é suspenso pela FPF até julgamento

"É impossível agradecer individualmente a todos que me deram apoio nos meus 13 anos jogando lá. Tudo o que posso dizer é que, do dia em que assinei o primeiro contrato até hoje e no futuro, sou eternamente grato por tudo e a todos. Os torcedores sempre deram enorme apoio a mim e aos meus companheiros. Essa paixão e fome por vitórias me guiaram a dar meu melhor ano após ano. Não teria alcançado nada sem eles", complementou.

No fim de sua postagem, Lampard agradece a Associação de Futebol da Inglaterra e revela que estuda para ser técnico no futuro. "Olhando para frente, sou muito grato à FA (Associação de Futebol da Inglaterra) pela oportunidade de estudar para me qualificar como técnico, e espero conquistar oportunidades fora do campo que são abertas por essa decisão", concluiu. 

Veja a postagem abaixo

After 21 incredible years, I have decided that now is the right time to finish my career as a professional footballer. Whilst I have received a number of exciting offers to continue playing at home and abroad, at 38 I feel now is the time to begin the next chapter in my life. I’m immensely proud of the trophies I’ve won, of representing my country over 100 times and of scoring more than 300 career goals. I have many people to thank. I thank my parents for instilling in me the values of hard work, dedication and professionalism, values which I have carried with me in everything that I do. I am forever grateful for the support of my family, my wife Christine and my two daughters Luna and Isla. What you have given me off the pitch has always been my strength on it. I love you all very much. Also, my friends and my own team that have always been there for me. I would like to thank the amazing team-mates, coaches, managers and backroom staff that I was privileged to work with. I’d also like to pay tribute to the clubs that I have represented. Firstly, West Ham United who gave me my debut in 1996. Thanks to the people there that believed in me at that young age. More recently Manchester City and NYCFC. I greatly enjoyed my last playing years at these two clubs and really appreciate the support I received from City Football Group and both clubs’ fans. Of course, the largest part of my heart belongs to Chelsea, a club which has given me so many great memories. I will never forget the opportunity they gave me and the success that we managed to achieve together. It is impossible to give thanks individually to all the people that helped and supported me in my 13 years playing there. All I can say is from the day I signed until now and going forward, I'm eternally grateful for everything and to everyone. Chelsea fans gave myself and my teammates such incredible support. Their passion and hunger drove me on personally to give my best year after year. I couldn't have done it without them. Looking forward, I'm grateful to the FA for the opportunity to study for my coaching qualifications and I look forward to pursuing the off-field opportunities that this decision opens.

Um vídeo publicado por Frank Lampard (@franklampard) em


Carreira

Formado nas categorias de base do West Ham, em 1994, Super Frank defendeu a equipe londrina até 2001 (foi emprestado ao Swansea City entre 1995 e 1996. No mesmo ano foi contratado pelo Chelsea, logo no início da era Roman Abramovich, russo que comprou o clube e o colocou entre os melhores da Europa.

Frank Lampard conquistou a Liga dos Campeões em 2012
Divulgação
Frank Lampard conquistou a Liga dos Campeões em 2012

Nos Blues, tornou-se lenda juntamente com John Terry, Didier Drogba e o técnico José Mourinho. Durante os 13 anos no Stanford Bridge, foi tricampeão do Campeonato Inglês (2004/2005, 2005/2006 e 2009/2010), tetra da Copa da Inglaterra (2006/2007, 2008/2009, 2009/2010 e 2011/2012), bi da Copa da Liga Inglesa (2005 e 2007), bi também da Supercopa da Inglaterra (2005 e 2009).

LEIA MAIS: West Ham oferece desconto para quem deseja se livrar de camisa de Payet

Foi protagonista do título da Liga dos Campeões da Uefa, em 2011/2012. Por fim, ainda conquistou a Liga da Europa da temporada 2012/2013. Em 2005, ficou em segundo na eleição de melhor jogador do mundo da Fifa e também da revista francesa France Football, atrás do brasileiro Ronaldinho Gaúcho.

Em 2014, Frankie foi contratado pelo New York FC, dos Estados Unidos. Foi emprestado ao Manchester City por uma temporada e fez o primeiro gol com a camisa dos Citizens contra o ex-clube, em jogo que terminou empatado em 1 a 1, em setembro de 2014. Voltou a Nova York em 2015 e lá permaneceu até o ano passado.

Com a seleção inglesa, Lampard disputou três Copas do Mundo (2006, 2010 e 2014) e duas Eurocopas (2004 e 2012). Entrou em campo 106 vezes e marcou 29 gols.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.