Tamanho do texto

Wayne Shaw é reserva do Sutton United e pode entrar em campo caso o titular se lesione durante o duelo

Goleiro Wayne Shaw pode encarar o Arsenal pela Copa da Inglaterra
reprodução / Twitter
Goleiro Wayne Shaw pode encarar o Arsenal pela Copa da Inglaterra

O Arsenal conheceu seu adversário na quinta fase da Copa da Inglaterra: o Sutton United, da quinta divisão. Até aí, tudo bem. O torneio reúne equipes de todas divisões do país, incluindo alguns clubes amadores e semi-amadores. A questão é que o modesto clube do subúrbio de Londres tem um jogador, no mínimo, inusitado e que chama atenção. 

LEIA MAIS: Ex-jogador da NBA confessou que fumava maconha antes de entrar em quadra

O goleiro Wayne Shaw tem 45 anos de idade e pesa nada menos do que 150 quilos. Mas, provavelmente, ele não deve jogar contra o Arsenal , já que é reserva do titular Ross Worner e atua muito pouco pelo Sutton - a última vez que entrou em campo foi em abril de 2015, na derrota por 2 a 1 diante do Maidenhead United.

Shaw está na sua terceira passagem pelo clube, que se iniciou em janeiro de 2015. Ele começou sua trajetória em 2011, quando assumiu a função de treinador de goleiros e também de arqueiro, saindo em 2012 e retornando para segunda passagem em 2013.

LEIA MAIS: José Aldo xinga McGregor e diz aguardar UFC para voltar a lutar

Saída conturbada

Na temporada 2013/2014, o goleiro deixou o Sutton United e foi para o Gosport por conta de uma briga com torcedores do Kingstonian durante uma partida. Fãs do time rival usaram palavras de baixo calão para ironizar a forma física de Shaw, que se irritou e foi até as arquibancadas para tirar satisfação. A atitude fez com que o arqueiro "peso pesado" fosse demitido.

LEIA MAIS: Walter chama árbitro de palhaço e revela piada: "Ele disse para eu emagrecer"

Depois, ele pediu desculpas. "Me envolver com aqueles torcedores foi um erro gigantesco da minha parte. Eu fui provocado pela linguagem, que foi desnecessária, mas eu não deveria ter reagido. Eu aprendi minha lição e isso nunca acontecerá novamente. Por sorte eu tenho uma segunda chance", disse ao retornar ao clube em 2015.

A nova chance pode vir contra o Arsenal, rival da Copa da Inglaterra no dia 18 de fevereiro. Será que ele entra?

    Leia tudo sobre: Futebol