Tamanho do texto

Clube brasileiro pode receber um montante entre R$ 400 mil e R$ 650 mil, de acordo com o valor real da negociação

Tevez jogou no Corinthians entre 2005 e 2006
Meu Timão
Tevez jogou no Corinthians entre 2005 e 2006

O argentino Carlitos Tevez foi para o futebol da China, o Boca Juniors arrecadou 12 milhões de dólares (R$ 40 milhões) na transferência, mas o Corinthians também tenta faturar um pouco deste valor. Não entendeu? De acordo com o site "Meu Timão", o clube brasileiro tem direito a 1% da transação por conta do chamado Mecanismo de Solidariedade da Fifa, que garante repasses aos clubes formadores de um jogador em uma transferência internacional.

E mais:  Diretoria corintiana encerra buscas por novo técnico e efetiva auxiliar Fábio Carille

Para conseguir ficar com uma parte da venda do atacante ao Shanghai Shenhua, o  Corinthians deverá acionar a entidade máxima do futebol mundial nos próximos dias para saber o real valor da transferência. A multa rescisória era de 20 milhões de dólares, algo em torno de R$ 65 milhões, mas acredita-se que Tevez foi liberado por esse montante menor de R$ 39 milhões.

Veja:  "Saía da balada e ia para o treino", diz atacante Jô em programa de TV

Se forem confirmados os R$ 40 milhões, a diretoria corintiana calcula um lucro de direito de R$ 390 mil. Entretanto, se o Boca liberou o jogador pelo total da multa, o valor a ser recebido pelo clube do Parque São Jorge é de R$ 650 mil. O pagamento deve ser feito pelo time chinês, o que contratou o atleta, em até 30 dias após o pagamento do valor da transferência. 

Como funciona?

De acordo com o Mecanismo de Solidariedade, o clube contratante - no caso, o Shanghai Shenhua - deve dividir 5% do valor da transferência entre as equipes pelas quais o jogador contratado passou entre os 12 anos e 23 anos de idade. Lembrando que Tevez chegou ao Corinthians em 2005, com 21 anos, e saiu em 2006, quando tinha 22 anos, o que garantiria ao clube paulista o direito de receber 0,5% por ano em cima do valor do negócio. Ou seja, 1%.

Tevez foi para o Shanghai Shenhua
Divulgação
Tevez foi para o Shanghai Shenhua

Confira:  "Não aguento mais morrer neste ano", desabafa o ex-atacante Liedson

Salário astronômico

Com a transferência ao crescente mercado chinês, Tevez, de 32 anos de idade, se transformou no jogador de futebol mais bem pago do mundo. Ele assinou um contrato de dois anos onde receberá 84 milhões de dólares neste período, algo em torno de R$ 274 milhões. Além de Boca Juniors e Corinthians, o atacante argentino também atuou por Juventus, West Ham, Manchester City e Manchester United.

    Leia tudo sobre: Futebol