Tamanho do texto

Marc Wachs atua no Dynamo Dresden e estava visitando um estabelecimento comercial da família em Wiesbaden

undefined arrow-options
Site oficial
Jogador Marc Wachs levou um tiro no pescoço

O jovem jogador alemão Marc Wachs, que defende as cores do Dynamo Dresdem, time da segunda divisão da Bundesliga, levou um tiro no pescoço durante assalto ao mini-mercado da sua família na cidade de Wiesbaden, no oeste do país. Ele passou por uma cirurgia de emergência e não corre risco de morte, de acordo com os médicos.

Além do jogador de 21 anos, também foram atingidos por disparos com arma de fogo o seu tio Bodo, de 63 e que está fora de perigo, e sua tia Manuela, que não resistiu aos ferimentos e morreu. Ela tinha 59 anos de idade. 

Assista:  Nadal interrompe jogo para mãe encontrar filha perdida na arquibancada

A polícia tenta esclarecer o ocorrido e segue várias vias de investigação, mas a principal hipótese é latrocínio, que é roubo seguido de morte. Segundo as autoridades, o homem tem entre 20 e 30 anos e foi elaborado até um retrato-falado com base no relato de testemunhas.

Em comunicado oficial nas redes sociais, o Dynamo lamentou a tragédia

"Estamos profundamente abalados e chocados com isso. Todos em Dresden estão apoiando o nosso jogador e sua família, dando todo suporte necessário. Ele foi gravemente ferido, mas não corre risco. Nossos pensamentos estão todos contigo, Marc", disse o Dynamo.