Tamanho do texto

Opinião é do ex-jogador Gheorghe Hagi, maior lenda do futebol romeno

Messi ou Cristiano Ronaldo? Quem é melhor?
AS/Reprodução
Messi ou Cristiano Ronaldo? Quem é melhor?

Uma das maiores discussões do futebol nos últimos anos é sobre quem é o melhor jogador do mundo na atualidade: Lionel Messi ou Cristiano Ronaldo? Muitos consideram o argentino do Barcelona superior, mas outros tantos apontam o português do Real Madrid acima do rival.

E mais:  Cristiano Ronaldo se diz abalado com processo por fraude fiscal: "Me dói muito"

Para tentar ser o mais politicamente correto possível, o romeno Gheorghe Hagi, melhor jogador do seu país de todos os tempos, comparou Cristiano Ronaldo e Lionel Messi a dois dos melhores tenistas da história e que ainda estão em atividade, considerando que é perfeitamente possível admirar os dois de forma igual, apesar dos estilos diferentes dentro de campo.

Djokovic e Federer são grandes estrelas do tênis mundial
Divulgação
Djokovic e Federer são grandes estrelas do tênis mundial

"São dois jogadores que fizeram a minha vida muito feliz. Vivemos numa era com dois jogadores fantásticos. Um tem a qualidade técnica, outro tem a força. Ambos podem ter uma excelente condição física, mas tudo começa na cabeça", disse Hagi em declarações ao "Omnisport".

Veja:  Polícia da Inglaterra recebe 106 denúncias de abuso sexual a menores no futebol

"Messi é muito criativo, tem muita técnica e talento. Talento puro. Se fosse levar essa comparação ao tênis, Messi é como Federer e Cristiano Ronaldo como Djokovic", completou o ex-atleta da Romênia, que brilhou tanto com a camisa do Real Madrid (entre 1990 e 1992) quanto a do Barcelona (entre 1994 e 1996).

A ambição faz a diferença

Gheorghe Hagi jogou no Real e no Barça
Reprodução
Gheorghe Hagi jogou no Real e no Barça

Aposentado desde 2001, quando defendeu o Galatasaray, da Turquia, Hagi elogiou ainda a forma como ambos se mantêm no topo há tantos anos. "A diferença no campo, muitas vezes, é a ambição do jogador. O que se fez ontem já não é suficiente, é preciso fazer outra vez hoje. E fazer o melhor", comentou.

"Os jogadores não são atores. No cinema, por exemplo, é possível assistir a um filme por 100 vezes. Para um jogador, todos os jogos são diferentes. Por isso, é preciso estar motivado. É uma das principais qualidades para ser o melhor do mundo. Ronaldo, Messi e os jogadores que atingem este nível têm de estar motivados", finalizou.

Lionel Messi e Cristiano Ronaldo disputam o prêmio de melhor do mundo da Fifa em janeiro de 2017 - o português ganhou recentemente a Bola de Ouro , da revista "France Football". Entre os três finalistas na condecoração da Fifa também aparece o atacante francês Griezmann, do Atlético de Madri.

    Leia tudo sobre: Lionel Messi Futebol