Tamanho do texto

"Venho informar com muita satisfação e felicidade que meu filho está cada vez melhor", postou nas redes sociais o pai do jogador da Chapecoense

Zagueiro Neto sobreviveu ao desastre aéreo e poderá voltar ao futebol
Divulgação
Zagueiro Neto sobreviveu ao desastre aéreo e poderá voltar ao futebol

Diante de toda tragédia com a Chapecoense, as boas notícias começam a aparecer aos poucos. Na madrugada desta sexta-feira, o pai do zagueiro Neto, um dos seis sobreviventes da queda do avião na Colômbia, postou uma mensagem de otimismo nas redes sociais informando que seu filho voltará a jogar futebol.

E mais:  Avião colombiano nega pouso de emergência que teria prejudicado voo da Chape

"Venho informar com muita satisfação e felicidade que meu filho está cada vez melhor. Acaba de fazer uma cirurgia na perna e os médicos afirmam que voltará ao futebol. Agradeço as orações e continuemos com elas pois ainda precisamos de confirmações e alta para poder vê-lo de perto. E tenho que dominar minha ansiedade que é muita", disse o pai de Neto , Helam Marinho.

Veja imagens do desastre aéreo com a Chape

O defensor foi a última pessoa com vida a ser resgatada com vida dos destroços da aeronave que caiu próximo a Medellín, onde a equipe brasileira faria o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana diante do Atlético Nacional. Ele foi encontrado cerca de 10 horas depois do acidente.

Confira:  Veja os nomes de quem estava no voo da Chapecoense que matou 71 pessoas

Nascido no Rio de Janeiro, o zagueiro está com 31 anos de idade e chegou à Chape em 2015. Revelado nas categorias de base do Vasco da Gama, Hélio Hermito Zampier Neto também tem passagens pelo Santos, Metropolitano, Guarani, Cianorte e Paraná Clube. Com quase 2 metros de altura, ele se destaca pelas jogadas de cabeça e costuma fazer alguns gols.

Tragédia sem precedentes

Segundo as autoridades, o avião da Chapecoense perdeu contato com a torre de comando do aeroporto por volta das 00h30 (de Brasília), quando sobrevoava um local entre as cidades de La Ceja e Aberrojal. A queda aconteceu perto de 1h15 da manhã, em Cerro El Gordo.

Ouça!  Áudio mostra piloto da Chapecoense desesperado e pedindo para pousar

Foram seis sobreviventes na tragédia, sendo quatro brasileiros - os jogadores Neto, Alan Ruschel e Follmann e o jornalista Rafael Henzel - e outros dois da tripulação da aeronave Lamia: a comissária de bordo Ximena Suárez e o técnico do avião Erwin Tumiri. Ambos estão em boas condições, tendo sofrido poucos ferimentos.

    Leia tudo sobre: futebol