Tamanho do texto

Vale lembrar que a equipe brasileiro eliminou o San Lorenzo na campanha da Copa Sul-Americana, time de coração do pontífice

O papa Francisco dedicou nesta quarta-feira, durante sua audiência geral, na praça São Pedro, uma mensagem de apoio ao povo brasileiro por conta do desastre aéreo com o avião da Chapecoense. O acidente, ocorrido nos arredores de Medellín, na Colômbia, onde a equipe catarinense disputaria a final da Copa Sul-Americana, deixou 71 mortos e apenas seis sobreviventes.

Veja:  Conheça mais sobre a história dos três jogadores que sobreviveram

"Gostaria de lembrar hoje a dor do povo brasileiro pela tragédia com um clube local e rezar pelos jogadores mortos e suas famílias", disse papa Francisco , líder da Igreja Católica. Além disso, o pontífice comparou a tragédia da Chape com o desastre que matou todo o elenco do Torino em 1949, quando um avião com a delegação da equipe italiana se chocou contra a Basílica de Superga, em Turim. Na ocasião, 31 pessoas faleceram.

Papa Francisco mandou mensagem de apoio ao Brasil
Divulgação
Papa Francisco mandou mensagem de apoio ao Brasil

"Recordemos Superga. São tragédias duras, rezemos por elas", acrescentou o papa. Na última terça-feira (29), Francisco já havia enviado uma mensagem de condolências ao bispo da diocese colombiana de Sonsón Rionegro, Fidel León Cadavid Marín.

E mais:  Buscas são encerradas com 71 corpos resgatados e seis sobreviventes

"O Santo Padre, profundamente atingido ao saber da dolorosa notícia do grave acidente aéreo que ocasionou numerosas vítimas, eleva orações para o eterno descanso dos falecidos", diz uma nota da Conferência Episcopal da Colômbia.

Time de Francisco pelo caminho

A delegação da Chapecoense viajava em um avião da empresa Lamia, surgida na Venezuela, mas que agora é baseada na Bolívia. Eram jogadores, dirigentes, jornalistas e convidados, além da tripulação da aeronave. As causas da tragédia estão sendo investigadas, mas suspeita-se de pane seca ou elétrica.

Tragédia!  Confira os nomes das 71 vítimas do acidente de avião da Chapecoense

Em sua trajetória rumo à inédita e surpreendente final da Copa Sul-Americana, o "Verdão do Oeste", como é conhecida a Chape, havia eliminado inclusive o San Lorenzo, time de coração do papa Francisco. Após passar pelos argentinos na semifinal da competição, a Chapecoense fez uma brincadeira sadia em seu Twitter oficial, colocando uma fumaça na chaminé com a frase "Habemus finalista".

    Leia tudo sobre: Futebol