Tamanho do texto

Em nota oficial, Corinthians fez duras críticas a Odebrecht e se mostrou preocupado com a segurança de torcedores na arena em Itaquera

A discussão entre o Corinthians e a  Odebrecht ganhou mais um capítulo na sexta-feira (25). Em seu site oficial, time divulgou nota com duras críticas a construtora e fotos que mostravam obras e problemas na Arena Corinthians. 

+Resposta:  Em nota oficial, Odebrecht garante Arena Corinthians “totalmente segura”

Arena Corinthians
Divulgação
Arena Corinthians


Segundo o comunicado, a construtora apontou, unilateralmente, que a obra do estádio estava pronta em setembro de 2015. Apesar de receber jogos desde então, a nota diz ainda que é possível perceber, a olho nu, que o local apresenta problemas e riscos à segurança dos torcedores . O time friza que já questinou a empresa mais de uma vez sobre tais riscos e que a resposta, apesar das falhas facilmente vistas, foi que "não existia qualquer motivo para interditar a Arena ou suspender sua utilização". 

Entretanto, o Corinthians afirma que, apesar de a construtora dar por encerrada as obras, ela estava fazendo reparos no estádio e projetando obra na semana passada. A resposta dos engenheiros da Construtora Norberto Odebrecht foi que se tratava apenas de pinturas de um gradil e trabalho de manutenção. 

Leia também:  Boca Juniors estuda reformar e aumentar o La Bombonera

Mas a nota segue com fotos que, segundo o clube, comprovam que estão sendo feitas grandes obras na Arena Corinthians, e não apenas um reparo pontual. 

Time mostra fotos de obras na Arena Corinthians
Divulgação
Time mostra fotos de obras na Arena Corinthians


O time ainda diz que não está impedindo a empresa de realizar trabalhos necessários no local, mas ressalta que deve ser informado de qualquer movimentação e, principalmente, estar ciente se aquilo representará ou não algum risco para o torcedor. 

Corinthians divulga fotos de obras no Itaquerão
Divulgação
Corinthians divulga fotos de obras no Itaquerão

O Corinthians segue com as críticas, afirmando que a Odebrecht não cumpriu o acordo e começou as tais obras sem qualquer conhecimento do clube. Ainda diz que os engenheiros da Auditoria visitaram o local das obras e sofreram "constrangimentos de engenheiros da Construtora", que também, dias depois, deixarm o local trancado e cercado por tapumes. Para o time, essas atitudes dizem que a empresa está "omitidos ou ocultados fatos relevantes". 

O texto segue, listando reportagens publicadas na imprensa brasileira que falavam de valores da obra e dívidas da Odebrecht. 

Por fim, o time pede na nota que seja mais uma vez revista a questão da segurança para o torcedor, já que foi visto uma "rápida evolução do quadro da erosão". É questionado se será necessário o isolamento de alguma área do estádio e, mais uma vez, se há risco para o público na partida contra o Atlético-PR na noite deste sábado (26). 

Leia também:  Sudeste seguirá com supremacia no Brasileiro 2017, que já tem 16 times definidos

Neste sábado (25), a Odebrecht divgulgou nota assegurando que a Arena Corinthians é segura.