Tamanho do texto

Zagueiro Danilo machucou atletas da Udinese e ainda discutiu com um deles

Lembra do zagueiro Danilo, com passagens por Atlético-PR e Palmeiras? Pois bem. Atualmente na Itália, defendendo as cores da Udinese, o brasileiro teve de pedir desculpa a todo elenco e comissão técnica depois de um treino onde ele lesionou nada menos do que três companheiros de time. 

Confira no vídeo:  jogador perde pênalti e sai correndo para o vestiário

As "vítimas" de Danilo no trabalho do clube da Itália foram o iraquiano Ali Adnan, o venezuelano Adalberto Peñaranda e o italiano Francesco Lodi. Todos tiveram de interromper o treinamento mais cedo por conta de problemas físicos após jogadas com o defensor.

Zagueiro Danilo está na Itália desde 2011, sempre na Udinese
Divulgação
Zagueiro Danilo está na Itália desde 2011, sempre na Udinese

Para completar o dia, Danilo teve uma discussão mais acalorada com Lodi e ambos foram mais cedo para o chuveiro. O volante Emmanuel Badu foi quem conteve a ira do ex-palmeirense, para evitar ainda mais confusões.

O treinador Luigi Del Neri estava presente na atividade, claro, e assistiu a tudo. O diretor esportivo da Udinese, Nereo Bonato, falou sobre o ocorrido: "Esperamos um pedido de desculpas do Danilo. É o mínimo que ele pode fazer. Antes de tomarmos medidas, queremos saber o que motivou este comportamento inexplicável", avaliou Bonato.

Assista ao vídeo:  seria esse o gol mais perdido de toda história do futebol?

Segundo a imprensa italiana, o brasileiro, que está com 32 anos de idade, já pediu desculpas aos jogadores da Udinese - em especial aos que ele lesionou -, mas não se livrou de uma multa imposta pelo clube.

Polêmica no Brasil

Em 2010, quando defendia o Palmeiras, durante uma partida da Copa do Brasil, as câmeras de TV flagraram Danilo ofendendo o zagueiro Manoel, de seu ex-clube, o Atlético-PR. Na filmagem é possível perceber o defensor chamando o rival de "macaco".

Você viu?  Aos 47, Túlio Maravilha vai jogar com o filho em time da 3ª divisão paulista

O clube paranaense abriu inquérito após a partida acusando o zagueiro de racismo. Em janeiro de 2013, quando já estava na Itália, Danilo foi condenado a um ano de reclusão, com multa, sendo que a prisão pôde ser revertida em prestação pecuniária. Este caso entrou para a história do futebol brasileiro como sendo o primeiro em que o réu recebeu uma punição mais ampla na questão de racismo.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.