Tamanho do texto

Meia é um dos maiores ídolos do Liverpool, time onde ele jogou durante 17 anos e conquistou a Liga dos Campeões da Europa, de 2004/2005

Steven Gerrard é ovacionado pela torcida do Liverpool no Anfield Road ao deixar o time, em 2015
Divulgação
Steven Gerrard é ovacionado pela torcida do Liverpool no Anfield Road ao deixar o time, em 2015

O meio-campista inglês Steven Gerrard anunciou nesta quinta-feira que está se aposentando do futebol. Aos 36 anos, o agora ex-jogador, completou, em 2016, 19 anos de carreira profissional, sendo 17 delas dedicadas ao Liverpool, time onde é ídolo. As outras duas, e últimas, Gerrard jogou no Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos. Além disso, foi capitão por muito tempo pela seleção inglesa.

LEIA MAIS:  Jogador do Leicester bate Lamborghini avaliada em R$800 mil

"Posso confirmar que estou me aposentando do futebol profissional. Tive uma carreira incrível e sou grato por cada momento. Sou sortudo por ter tido grandes momentos na minha carreira. Orgulhoso de ter jogado mais de 700 vezes pelo Liverpool", anunciou Steven Gerrard e declaração oficial liberada pelas redes sociais.

Gerrard com a
Divulgação/ChampionsLeague
Gerrard com a "orelhuda" conquistada na temporada 2004/2005

Ao todo, Gerrard entrou em campo 863 vezes e marcou 212 gols. No Anfield, foram 710 jogos, 186 gols e 10 títulos, entre eles o da Liga dos Campeões de 2004/2005. Já pela seleção ele fez 114 jogos e marcou 21 gols. Em 38 dessas partidas ele foi capitão. Além disso, participou de três Copas do Mundo, em 2006, 2010 e 2014 e ficou fora do Mundial de 2002 por conta de uma lesão. 

LEIA MAIS: Entenda o caso Neymar: brasileiro pode realmente ir para a cadeia?

"Obrigado aos incríveis fãs do Liverpool, Inglaterra e Galaxy, pelo grande apoio. Sua lealdade significou muito. Quando fiz minha estreia contra o Blackburn, nunca poderia ter imaginado o que vinha em seguida", continuou.

Muitos acreditavam que o meia, quando deixou a equipe norte-americana, fosse assinar com outra, inclusive com a inglesa, para continuar até a metade de 2017. Ao que tudo indica, ele deve, agora, iniciar sua carreira como treinador. Cogita-se que ele assuma alguma equipe júnior do Liverpool.

LEIA MAIS: Sudeste seguirá com supremacia no Brasileiro 2017, que já tem 16 times definidos

"Estou empolgado pelo futuro e sinto que tenho muito a oferecer para o jogo, seja qual for meu cargo. Vou aproveitar o tempo para considerar minhas opções e farei o anúncio sobre o próximo passo em breve", reiterou o antigo camisa 8.

Motivos da aposentadoria

Em entrevista ao ex-jogador Gary Lineker, do canal "BT Sport", Stevie, como foi apelidado pelos torcedores do Reds, explicou o porquê de sua aposentadoria.

"As coisas ficam estranhas nesse período, próximo do fim. As dores começam a ficar mais constantes. Senti que fiquei mais lento nos últimos anos. Não consigo mais fazer o que costumava, e isso se torna uma frustração. Não houve um momento, mas um período (de decisão). Nos últimos 3 ou 4 meses, no Galaxy, comecei a me lesionar muito. Os jogos se tornavam mais complicados. A altitude, o calor atrapalhavam. Tive alguns momentos, nos últimos meses, que pensei 'Não joguei bem hoje, aquele cara foi melhor do que eu'. E eu não gosto de pensar assim".

Até o final desta temporada, Steven Gerrard irá trabalhar como comentarista do próprio canal.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.