Tamanho do texto

Os dois homens foram socorridos e passam bem; polícia italiana está investigando o caso e ainda não identificou os agressores

Torcedores do Dínamo de Kiev foram atacados nas ruas do centro de Nápoles
Divulgação
Torcedores do Dínamo de Kiev foram atacados nas ruas do centro de Nápoles

Dois torcedores do Dínamo de Kiev, da Ucrânia, foram esfaqueados na noite da última terça-feira, em Nápoles, na Itália. Os ucranianos estavam na cidade para acompanhar a partida contra o Napoli pela fase de grupos da Liga dos Campeões, nesta quarta.

LEIA MAIS: Português Cristiano Ronaldo sobre final da Euro: "Quando acordei estava com três belas loiras"

Os dois homens foram atacados nas ruas do centro histórico da cidade, em momentos diferentes, mas próximos. De acordo com a imprensa italiana, a situação deles não é grave. Tudo indica que os torcedores do Napoli são os responsáveis pelos ataques.

Um dos homens, de 50 anos, que usava um cachecol do Dínamo de Kiev , foi atacado na Via Duomo, perto da Praça Nicola Amore, por volta das 22h30 no horário local, ele ficou com ferimentos na perna esquerda e no abdômen. Ele foi atendido no Hospital Loreto Mare, na cidade, e já recebeu alta médica. O outro foi rodeado por um grupo de pessoas e também foi atingido.

LEIA MAIS: Deu ruim para o brasileiro! Procuradoria espanhola pede dois anos de prisão a Neymar

A polícia italiana está investigando o caso e ainda não identificou os agressores. Câmeras de segurança dos estabelecimentos próximos serão analisadas e devem ajudar na identificação.

Ataques na Espanha

Um dia antes, outro episódio de violência contra torcedores visitantes aconteceu em Sevilha, na Espanha, quando os "hooligans Sevilla" atacaram torcedores da Juventus enquanto comiam em um restaurante . Uma organizada do time espanhol teria agredido os italianos na rua Reyes Catolicos, em pleno centro da cidade espanhola. Pelo menos três pessoas teriam ficado feridas, incluindo um bianconero residente na Bélgica e internado em estado grave após ter sido ferido no peito por uma garrafada.

Torcidas problemáticas

A Europa vive uma onda de violência e confusão de torcedores neste ano. Durante a Eurocopa 2016, disputada na França, hooligans de vários países causaram transtornos nas ruas das cidades que receberam partidas, sendo que muitos tiveram que ser deportados e foram proibidos de entrar nos estádios. Na competição entre seleções, os ingleses foram os que mais arrumaram problemas.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.