Tamanho do texto

Victor Trejo expulsou Ruben Rivera, que ficou irritado com o cartão vermelho e acertou uma cabeçada no rosto do árbitro. Ele morreu na hora

Uma tragédia marcou um torneio de futebol amador na cidade de Tulancingo, no México, no jogo entre Canarios-Rojo Gómez e Lindavista.  O jogador Ruben Rivera Vázquez ficou irritado ao ser expulso de campo e acertou uma forte cabeçada no rosto do árbitro Victor Trejo, do Canarios, que não resistiu ao forte impacto da agressão e morreu no local.

Foi só um susto!  Van Persie não corre o risco de perder a visão de um olho

De acordo com a imprensa do México , Trejo sofreu hemorragia e traumatismo craniano. O corpo do juiz ficou estirado no próprio gramado por algumas horas, coberto por um plástico, esperando a perícia das autoridades do país.

Corpo do árbitro Víctor Trejo no gramado onde aconteceu a tragédia
Twitter/Reprodução
Corpo do árbitro Víctor Trejo no gramado onde aconteceu a tragédia

Ao saber da morte do árbitro de 59 anos de idade, Ruben Rivera fugiu de carro e segue desaparecido. A polícia mexicana já iniciou uma operação para encontrá-lo.

Em entrevista ao jornal "El Universal", Alejandro Monzalvo, do Colégio de Árbitros de Pachuca, criticou a situação da categoria no futebol amador do México, onde se ganha um salário de 300 a 500 pesos (entre R$ 50 e R$ 85). "Se um jogador te agride, não tem como detê-lo, estamos conscientes disto", desabafou.

    Leia tudo sobre: Futebol