Tamanho do texto

Kramer foi filmado fazendo sexo com duas mulheres e levou o caso à polícia

Alemão Kramer é vítima de extorsão sexual
Borussia Monchengladbach / Divulgação
Alemão Kramer é vítima de extorsão sexual

Campeão da Copa do Mundo de 2014, o meio-campista alemão Christoph Kramer, atualmente no Borussia M'gladbach, foi vítima de chantagem sexual no seu país e o caso foi parar na polícia. De acordo com o próprio jogador, ele foi filmado e fotografado sem a sua permissão fazendo sexo com duas mulheres ao mesmo tempo. 

Sexo e briga na Vila Olímpica:  dupla dos saltos ornamentais vai se separar

As imagens foram feitas em dezembro de 2015, mas só agora o caso veio à tona. Segundo o atleta alemão , um homem e uma mulher - que inclusive é uma das que aparecem fazendo sexo com ele - pediram dinheiro para que não divulgassem o conteúdo de sexo explícito.

Vídeo:  Atleta da dança sensual se dá mal após fiasco na Olimpíada do Rio de Janeiro

"Ao longo desse ano de 2016 ano eu me tornei vítima de extorsão. Eu, obviamente, não sabia como lidar com esse tipo de caso e entrei em contato com a polícia, que resolveu rapidamente. Ultrapassaram todos os limites do meu direito à privacidade e espero pela punição aos culpados e envolvidos", disse Kramer em seu Instagram oficial.


Veja fotos:  Presidente da Federação de pole dance faz ensaio sensual na neve

O tribunal da cidade Leverkusen, que está tratando o caso do jogador alemão, não deu maiores detalhes do processo.

    Leia tudo sobre: Futebol