Tamanho do texto

Ex-titular não tem um bom relacionamento com o preparador de goleiros do time, o que também pesa em uma eventual saída

O goleiro Cássio não deve seguir no Corinthians em 2017. De acordo com informações da "Folha de S. Paulo", o arqueiro confirmou nos últimos dias para alguns empresários que sua prioridade é trocar de clube no ano que vem, já que vem sendo preterido por Walter sob o comando de Oswaldo de Oliveira e considera ainda mais difícil a volta por cima com a camisa alvinegra.

E mais:  São Paulo abre as portas do Morumbi para o Palmeiras mandar seus jogos

Caso deixe de ser jogador corintiano, Cássio já tem interessados em contar com seu futebol. Muito se fala do São Paulo, mas o clube que o atleta mantém contato frequente é o Grêmio, onde foi revelado em 2005 antes de se transferir ao futebol holandês, atuando com as camisas de PSV e Sparta Roterdã.

Cássio deve deixar o Corinthians em 2017
Divulgação
Cássio deve deixar o Corinthians em 2017

Além de estar abaixo de Walter no aspecto técnico e físico, o ex-titular também não tem um ambiente muito bom no Corinthians, A relação entre Cássio e o preparador de goleiros Mauri Lima não é boa há algum tempo, de acordo com a publicação, mas pessoas próximas ao goleiro asseguram que o contato é profissional e cordial entre as duas partes.

Veja:  Campeão da Libertadores pelo Inter em 2010 vai jogar o Paulistão 2017

Uma entrevista recente de Mauri ainda ajudou a manter esse clima ruim. "Walter joga em qualquer time no Brasil, é titular em qualquer lugar. Coloco ele como um dos cinco melhores goleiros do Brasil. E a condição de ser titular ou não quem tem que avaliar é o treinador.  Por questão de hierarquia, você coloca seus pensamentos, mas a decisão é do treinador. Às vezes existem empecilhos e coisas que não acontecem da maneira que queremos", disse.

Ida frustrada à Turquia

No começo deste ano, o goleiro quase deixou o Corinthians rumo ao Besiktas, da Turquia, mas ele permaneceu no Brasil a contragosto. Com desejo de voltar ao exterior, chegou a se despedir dos outros jogadores do elenco, mas a diretoria corintiana resolveu não finalizar a negociação alegando falta de garantias financeiras por parte dos turcos e que os valores envolvidos não eram os esperados. 

Vídeo:  Jogador colombiano é flagrado agredindo a mulher dentro de elevador

A prioridade dos empresários de Cássio é encontrar uma equipe fora do País, mas a situação não é simples, já que é um jogador de 29 anos de idade e com salário alto - um dos maiores do Corinthians -, o que dificulta no interesse de grandes clubes do exterior. 

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.