Tamanho do texto

Brasileiros foram escolhidos por um júri internacional de jornalistas

Os brasileiros Ronaldo e Zico entraram para o salão da fama do futebol nacional e internacional do México
Divulgação
Os brasileiros Ronaldo e Zico entraram para o salão da fama do futebol nacional e internacional do México

Os ex-jogadores brasileiros Ronaldo e Zico entraram para o salão da fama do futebol nacional e internacional do México. Além deles o italiano Paolo Rossi, também aposentado, foi laureado com o prêmio, entregue em Pachuca, cidade mexicana. O alemão Karl Heinz Rummenigge será outro homenageado ainda neste ano.

LEIA MAIS:  Carlos Alberto Torres é sepultado no Rio de Janeiro sob aplausos e muita emoção

Ronaldo e Paolo Rossi chamam a atenção por já terem entrado para o hall da fama do futebol italiano. O artilheiro da Copa do Mundo de 2002, no Japão e na Coreia, inclusive, foi o primeiro brasileiro a conseguir o feito mais do que merecido, já que ele brilhou nos campos de Milão, atuando tanto pela Internazionale, por cinco anos, time onde marcou 59 gols em 99 jogos (fica atrás apenas para a sua passagem pelo Real Madrid, onde fez 104 gols em 177  jogos) quanto pelo Milan, por uma temporada. 

LEIA MAIS:  MLS: Atacante leva cartão amarelo por comemorar gol "dançando de forma sexual"

Já o italiano, de 60 anos, receberá o prêmio no próximo dia 8 de novembro, em uma cerimônia especial que ocorrerá na capital mexicana em um salão montado em forma de bola de futebol, com 38 metros de altura e 30 metros de diâmetro.

LEIA MAIS:  Dave Macaulay, campeão do Hang Loose Pro Contest 1986, relembra conquista

"Estou feliz por esse novo reconhecimento. Significa que, mesmo com a passagem do tempo, deixei uma marca", disse o ex-jogador à ANSA, campeão do mundo em 1982, maior goleador do torneio e carrasco da seleção brasileira.

OUTROS PREMIADOS

Os nomes que ingressam no salão da fama do futebol são selecionados por um júri internacional de jornalistas e divulgados ano após ano. Já foram homenageados membros como o maior jogador de todos os tempos, Pelé, o argentino Diego Maradona, o também argentino Di Stefano, o português Eusebio, o húngaro Ferenc Puskas, o francês Michel Platini, o holandês Johan Cruyff, o também holandês Marco Van Basten, o argentino Mario Kempes e o portugues Luis Figo.

*Com informações da Agência Ansa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.