Tamanho do texto

Segundo o que a imprensa espanhola informa, a nova rescisão contratual deve ser de 250 milhões de euros (aproximadamente R$ 877,5 milhões)

Barcelona confirma renovação com Neymar por mais cinco temporadas
Reprodução/Instagram
Barcelona confirma renovação com Neymar por mais cinco temporadas

O Barcelona anunciou nesta segunda-feira que a renovação do contrato com o brasileiro Neymar será realizada, em evento formal, na próxima sexta-feira. De acordo com o clube catalão, o novo vínculo será estendido até 30 de junho de 2021, isto é, por mais cinco anos.

LEIA MAIS:  Polícia da Itália encontra "arsenal de guerra" para torcidas

A equipe espanhola não revelou os valores do novo contrato, mas a imprensa espanhola informa que a nova rescisão contratual deve ser de 250 milhões de euros (aproximadamente R$ 877,5 milhões). Ao fazer o anúncio da renovação, o Barcelona lembrou da trajetória de Neymar pelo clube e afirmou que o atacante brasileiro faz parte do "mais espetacular trio de ataque do mundo", ao lado do argentino Lionel Messi e do uruguaio Luis Suárez.

RETROSPECTO

Na Catalunha, Neymar conquistou onze títulos (Troféu Joan Gamper de 2013, 2014 e 2015; Supercopa da Espanha de 2013; Copa do Rei de 2014–15 e 2015–16; Campeonato Espanhol de 2014–15, 2015–16; Liga dos Campeões da UEFA de 2014–15; Supercopa da UEFA de 2015; Mundial de Clubes da FIFA de 2015) e marcou 90 gols em 149 partidas disputadas. "Desde que chegou ao Barça, o atacante amadureceu e se tornou um dos melhores jogadores do mundo. Neymar desempenha um papel-chave em todo o nosso sucesso", escreveu o clube em seu portal.

LEIA MAIS:  Tinder, Snapchat, Facebook, Waze, Whatsapp. Aplicativos ganham camisa de futebol

Vendido pelo Santos para o Barcelona em 2013, o brasileiro teve diversas propostas financeiramente mais vantajosas para deixar o clube catalão neste ano, segundo diversos jornais internacionais. Apesar de toda a festa na renovação, a venda de Neymar em 2013 ainda é alvo de investigação da Justiça espanhola em um caso que envolve tanto o jogador, como seus representantes e os dois clubes.

LEIA MAIS:  Salto de penhasco tem um novo hexacampeão mundial; veja quem foi

O grupo DIS, que tinha direito a um percentual na venda (40%) e se sentiu enganado pelas partes, já que recebeu 40% dos 17 milhões de euros (R$ 61 milhões, nos valores atuais) pagos pelo Barcelona ao Santos, entretanto, a operação total, de acordo com a Audiência Nacional espanhola, foi de 83,3 milhões de euros (R$ 299 milhões) e a DIS quer os 40% desse valor, que englobou prêmios, pequenos acordos com Santos, jogador, Instituto Neymar Jr., e seu pai.

*Com Agência Ansa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.