Tamanho do texto

Fluminense vai tentar suspender a derrota diante do Flamengo, que já fez o mesmo pedido ao TJ-RJ em 2013; entenda os casos

Flamengo e Fluminense fizeram um dos jogos de maior polêmica dentro do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro venceu o Tricolor por 2 a 1 com gols de Leandro Damião e Fernandinho, com Marcos Júnior descontando, mas o resultado poderia ser o de empate por 2 a 2 caso o árbitro Sandro Meira Ricci não fosse beneficiado por uma interferência externa para anular um gol impedido do Fluminense, no final da partida.

Confira:  Presidente do Fluminense diz que vai pedir anulação de jogo contra Flamengo

Inconformado com a polêmica e a atitude de Ricci, que deixou o jogo parado por quase 15 minutos para tomar uma decisão, o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, já avisou que vai pedir ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) a suspensão do resultado.

Polêmica marcou o Fla-Flu do Brasileirão 2016
Twitter/Divulgação
Polêmica marcou o Fla-Flu do Brasileirão 2016

"Essa é a ideia, pedir a anulação do jogo. O que o juiz fez é incrível, inacreditável. Totalmente fora de regra. Ele empurrou uma decisão por quase 13 minutos. A gente percebe claramente no vídeo que foi totalmente influenciado por uma interferência externa”, afirmou em entrevista à ESPN Brasil.

Flamengo já tentou anulação

O caso lembra muito o que aconteceu com o próprio Flamengo, em 2013. Durante o Campeonato Carioca daquele ano, a diretoria rubro-negra pediu ao TJD-RJ (Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro) a suspensão do resultado do jogo contra o Duque de Caxias , que havia terminado empatado em 1 a 1, e conseguiu. 

Naquela polêmica ocasião, o clube da Gávea alegou que o gol marcado pelo seu atacante Hernane e anulado alguns minutos depois de ter sido validado pelo trio de arbitragem mostra que houve interferência externa na decisão, o que é proibido pela Fifa. O resultado foi suspenso por alguns dias, a Federação Carioca chegou a retirar o duelo da sua tabela oficial, mas o pedido foi indeferido e o placar ficou mesmo no 1 a 1.

Veja fotos:  Pilota do jatinho de Cristiano Ronaldo é torcedora do... Barcelona!

"O auxiliar falou que deu gol, o outro árbitro adicional falou que não foi ele que falou. Tem cinco árbitros no campo. Se foi de cima, está errado. O lance foi rápido, não tem como ver ao mesmo tempo. Não tem como voltar mais atrás, a determinação é essa. A não ser que venha lá de cima, não tem como voltar mais. Não é pelo jogo em si, poderíamos ter feito por onde, mas a indignação é pela arbitragem", disse o meia Renato Abreu na época.

Situação do Brasileirão

Alheio à atual polêmica, o Flamengo conquistou três importantes pontos na luta pelo título do Campeonato Brasileiro de 2016. Com o empate do líder Palmeiras com o Cruzeiro, a equipe carioca está apenas um ponto atrás dos paulistas, ocupando a segunda colocação na tabela de classificação.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.