Tamanho do texto

Enner Valencia possui uma dívida de 17,1 mil dólares (cerca de R$ 54 mil) em pensão alimentícia à sua filha mais velha

Uma cena inusirada chamou a atenção após a vitória do Equador por 3 a 0 sobre o Chile, nesta quinta-feira, pelas eliminatórias para Copa do Mundo de 2018. O atacante equatoriano Enner Valencia alegou uma lesão muscular e deixou o estádio de Atahualpa, em Quito, dentro de uma ambulância. Por conta disso, o jogador se livrou de ser detido pela polícia, que o esperava para prendê-lo por não pagar pensão alimentícia à filha de cinco anos.

Enner Valencia deixou o estádio na ambulância
Twitter/Reprodução
Enner Valencia deixou o estádio na ambulância

Segundo o diário "El Universo", Valencia possui uma dívida de 17,1 mil dólares (cerca de R$ 54 mil) em pensão alimentícia à sua filha mais velha - a quantia é referente a quatro meses de pagamentos atrasados. O jogador do Everton, da Inglaterra, já havia recebido um mandado de prisão na última quarta-feira, durante o treino da seleção equatoriana.

Enner Valencia foi titular no duelo e participou das principais ações ofensivas da sua seleção. Nos minutos finais, ele solicitou atendimento médico, sendo retirado do gramado na maca, respirando com ajuda de uma máscara de oxigênio. 

De acordo com o jornal "El Comercio", Valencia foi encaminhado a um hospital com escolta da polícia, que vigiaria o atleta até o mesmo receber alta. Entretanto, segundo a assessoria do jogador, uma juíza revogou a ordem de prisão antes mesmo da partida contra o Chile, liberando o atacante a viajar para La Paz, onde o Equador encara a Bolívia na semana que vem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.