Tamanho do texto

Destaque para o clássico entre Palmeiras e Santos, que contou com o maior público do estádio no Brasileirão (40.035 pessoas)

Allianz Parque, casa do Palmeiras
Divulgação
Allianz Parque, casa do Palmeiras

O Allianz Parque é reflexo do seu dono Palmeiras. As arquibancadas do estádio paulista estão sempre cheias em 2016, ainda mais com o sucesso do clube time das quatro linhas. O local, por sinal, é o palco com a melhor média de público entre todos os 29 estádios que receberam jogos no Campeonato Brasileiro da Série A. Em 13 partidas, a casa alviverde atraiu 439.217 torcedores. Média de 33.786 pagantes.

E mais:  Entre brasileiros, Copa Sul-Americana tem público inferior ao da Copa do Brasil

Destaque para o clássico entre Palmeiras e Santos, que contou com o maior público do Allianz Parque no Brasileirão (40.035), o 8º melhor da Série A. Os três maiores públicos do Alviverde, aliás, foram em clássicos do estado. No duelo contra o São Paulo, a marca chegou a 39.944 apaixonados, enquanto o embate contra o Corinthians contou com a presença de 39.935 fanáticos.

Falando no Alvinegro do Parque São Jorge, a Arena Corinthians ocupa a vice-liderança com média de 30.844 pagantes. Apenas estes dois estádios superam a marca de 30 mil fãs na elite nacional. As 13 partidas em casa renderam ao Corinthians público total de 400.966 loucos do bando. Reformado para a Copa do Mundo, o Mineirão completa o Top 3 com média de 27.465 torcedores. O principal palco de Minas Gerais tem aberto as portas para Cruzeiro e Atlético.

Confira:  Nove clubes do Brasileirão seguirão com jornada dupla na reta final da temporada

Enquanto isso, a Arena das Dunas, em Natal, ocupa a 4ª colocação com média de 25.946 torcedores. Este, na verdade, foi o público do clássico entre Flamengo e Fluminense. Apenas um jogo foi realizado no estádio potiguar. Já o Mané Garrincha, em Brasília, foi atração de sete duelos do Brasileirão e aparece na 5ª colocação com média de 24.012 apaixonados.

Copa do Mundo

Do Top 5, apenas o Allianz Parque não participou da Copa do Mundo. Mas o Brasileirão ainda foi disputado em outras cinco arenas do Mundial 2014. O Beira-Rio, por exemplo, aparece com média de 23.023 fãs, mesmo com a má fase do Internacional. Uma posição abaixo, no 8º lugar, está a Arena Pantanal, em Cuiabá (21.814). A Arena da Baixada, em Curitiba, ostenta média de 14.812 torcedores, contra 12.320 espectadores da Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Já a Arena Fonte Nova, em Salvador, conta com média de 10.634 fanáticos. 

Veja:  Brasileiro deixa de pagar contas básicas para gastar com futebol, mostra estudo

Todas estas arenas, porém, ficam atrás do antigo Pacaembu. O estádio paulista pode ter sido esquecido por Palmeiras, que tem o Allianz Parque, e Corinthians, com sua arena, mas ainda esbanja charme e atrai torcedores. O Pacaembu recebeu jogos do Verdão, Timão, Santos e Flamengo. São seis partidas e média de 23.108 pagantes, a 6ª melhor do Brasileirão. A Série A, registra-se, tem média de 14.498 torcedores após 27 rodadas.

*Texto de Rodolfo Brito, especial para o iG Esporte

    Leia tudo sobre: futebol