Tamanho do texto

Serge Aurier vai recorrer em liberdade e pode continuar atuando normalmente pelo clube francês

Serge Aurier foi condenado a dois meses de prisão
L'equipe/Reprodução
Serge Aurier foi condenado a dois meses de prisão

O lateral-direito marfinense Serge Aurier, do PSG, foi condenado nesta segunda-feira a dois meses de prisão por agressão a um policial quando deixava uma boate no mês de maio deste ano - ele também teve que pagar uma multa de 600 mil euros (cerca de R$ 2,2 milhões). As informações foram confirmadas pela própria advogada do jogador, Claire Boutard de la Combe. 

No processo, Aurier se declarou inocente das acusações de agir de forma violenta contra um policial. Como cabe recurso, o lateral de 23 anos de idade permanecerá em liberdade e pode continuar atuando normalmente pelo clube francês.

E MAIS:  Jogador de beisebol morre em acidente após anunciar a gravidez da namorada

Aurier, jogador do PSG
Divulgação
Aurier, jogador do PSG

A polícia informou que a confusão ocorreu pouco antes do amanhecer, após Aurier deixar uma boate na região de Champs Elysées, em Paris. "Estamos recorrendo. Serge Aurier contesta as afirmações, não é culpado e deve ser absolvido no recurso", disse a advogada. Caso seja mantida a sua culpa, a pena de dois meses de prisão pode ser revertida em ações sociais.

Em uma outra polêmica, desta vez no âmbito esportivo, Aurier foi suspenso do PSG no mês de fevereiro após insultar o então técnico Laurent Blanc. Ele ficou afastado do elenco principal por alguns meses, só retornando por conta da saída de Blanc do comando técnico do time.

Confira outros atletas que tiveram problemas na Justiça:


    Leia tudo sobre: futebol