Tamanho do texto

Inter de Milão fez uma homenagem ao ex-atacante Ronaldo. Foi no clube italiano que ele recebeu o apelido de Fenômeno

Ronaldo ganhou o apelido de
Divulgação
Ronaldo ganhou o apelido de "Fenômeno" na Inter de Milão

No dia em que completa 40 anos, o ex-atacante Ronaldo Nazário recebeu uma mensagem do clube que lhe rendeu este famoso apelido de "Fenômeno": a Inter de Milão. "Para te descrever não são necessárias muitas palavras, basta apenas uma: Fenômeno. Feliz Aniversário, Ronaldo", postou o clube em suas redes sociais.

E mais:  Além da vida noturna, Neymar também se diverte nas mesas de poker

Contratado pelo então presidente Massimo Moratti em 1997, por incríveis 32 milhões de euros (valor muito alto para a época), Ronaldo tornou-se um dos maiores ídolos do futebol italiano e conquistou a sua segunda Bola de Ouro, premiação para o melhor jogador do mundo, enquanto estava no time nerazzurro. Na Inter, ficou até 2002.

Também foi no clube de Milão que o craque enfrentou duas das piores lesões da vida: a primeira o deixou cinco meses afastado dos gramados, enquanto a segunda, bem mais icônica, aconteceu na final da Copa da Itália de 2000, contra a Lazio. Ronaldo rompeu o ligamento do tendão patelar direito enquanto dava uma de suas famosas arrancadas para o ataque em uma cena que marcou o futebol na ocasião.

Mistério!  Após levar 43 gols num único jogo, goleiro é preso por policiais e some

A lesão causou um afastamento de 15 meses e muitos analistas diziam que a carreira em alto nível do Fenômeno havia chegado ao fim. Porém, no retorno aos gramados, Ronaldo voltou a marcar muitos gols - levando a Inter ao vice-campeonato italiano - e, em 2002, sendo decisivo na campanha do pentacampeonato mundial do Brasil na Copa do Mundo.

A carreira do Fenômeno

Ronaldo começou a jogar futebol no São Cristóvão, do Rio de Janeiro, mas ainda nas categorias de base se transferiu para o Cruzeiro, onde se profissionalizou. Do clube mineiro ele foi direto para o PSV, da Holanda, atuando por duas temporadas até ser contratado pelo Barcelona. O atacante depois defendeu as cores de Inter de Milão, Real Madrid, Milan e Corinthians.

E mais:  Camaronês Eto'o reclama de racismo e é afastado por clube turco

A carreira profissional de Ronaldo foi encerrada de forma oficial no começo de 2011, aos 34 anos de idade, quando anunciou a sua aposentadoria após a eliminação do Corinthians na fase preliminar da Libertadores diante do Tolima. 

*Com Ansa

    Leia tudo sobre: Futebol