Tamanho do texto

Assista ao trailer do filme que relembra um dos fatos mais marcantes da história do clube paulista em sua história mais que centenária

Cena do documentário
Divulgação
Cena do documentário "1976 – O ano da invasão Corinthiana", que será lançado em 29 de setembro

5 de dezembro de 1976. Esta é uma das datas mais marcantes na história centenária do Corinthians. Foi neste dia que a torcida do time invadiu a cidade do Rio de Janeiro para assistir a semifinal do Campeonato Brasileiro daquele ano, diante do Fluminense. O acontecimento ficou conhecido como “Invasão Corinthiana” e o tema se tornou inspiração de um documentário, justamente no ano em que se comemora 40 anos do fato.

LEIA MAIS:  Ronaldo, 40 anos: "Para te descrever basta apenas uma palavra: Fenômeno"

‘’1976 – O Ano da Invasão Corinthiana’’ ( assista ao trailer no fim da matéria ), é produzido pelo Canal Azul em coprodução com a ESPN e dirigido por Ricardo Aidar e Alexandre Boechat. A estreia do documentário será no dia 29 de setembro em cinemas da capital paulista e cidades do interior do estado de São Paulo, como Campinas e São José do Rio Preto.

SOBRE O FILME

O filme traz depoimentos de jornalistas e ex-jogadores, além de torcedores que participaram desta invasão. Um grupo de amigos reviveu a emoção de refazer o trajeto Rio/São Paulo, em uma Kombi, junto com o goleiro Tobias, um dos heróis do jogo, contando a situação do clube na década de 70. Na data do acontecimento, o time estava há 22 anos sem ganhar títulos e com elenco considerado mais frágil que o adversário, e com o agravante da partida ocorrer no Maracanã, contra o Fluminense, conhecido, na época, como Máquina Tricolor.

LEIA MAIS:  Totti lança página em rede social para celebrar seus 40 anos

Apesar de o grande protagonista ser a torcida alvinegra, o filme tem entre os destaques o depoimento do ex-jogador Roberto Rivellino. Ele jogou no Corinthians entre as décadas de 60 e 70, porém, em 1975, foi contratado pelo Fluminense, participando da partida contra o clube paulistano. Ainda assim, é considerado pela torcida um grande ídolo, sendo o clube onde marcou o maior número de gols da sua carreira.

Um grupo de amigos reviveu a emoção de refazer o trajeto Rio/São Paulo, em uma Kombi, junto com o goleiro Tobias em documentário
Divulgação
Um grupo de amigos reviveu a emoção de refazer o trajeto Rio/São Paulo, em uma Kombi, junto com o goleiro Tobias em documentário

Além de Rivellino, pode-se esperar depoimentos de Basílio, Geraldão, Tobias, Zé Maria e Givanildo de Oliveira. ‘’1976 – O Ano da Invasão Corinthiana’’, além de documentar o inesquecível dia, explica, sem dúvidas, o motivo pelo qual a torcida do Corinthians é chamada de ‘’Fiel’.

LEIA MAIS:  Presidente do Comitê italiano critica prefeita após renúncia de Roma aos Jogos

A produção durou cerca de quatro anos para ser concluída e contém imagens inéditas dos corinthianos fazendo fila na Via Dutra, ocupando a orla do Rio de Janeiro e festejando o time que ficou concentrado no Hotel Nacional.