Tamanho do texto

Craque deu assistência e fez um gol em vitória por 3 a 2 de virada sobre a Sampdoria, o que evitou uma derrota em pleno Estádio Olímpico

Totti saiu do banco para fazer o gol da vitória da Roma sobre a Sampdoria
Reprodução
Totti saiu do banco para fazer o gol da vitória da Roma sobre a Sampdoria

Às vésperas de completar 40 anos, o craque italiano Francesco Totti saiu do banco de reservas para, nos acréscimos, dar uma vitória à Roma por 3 a 2 de virada sobre a Sampdoria, o que evitou uma derrota em pleno Estádio Olímpico.

"Il Capitano" ("O Capitão") entrou na partida no intervalo, no lugar de Perotti, quando o placar marcava 2 a 1 para o time de Gênova, e mudou a cara do confronto. Aos 16 minutos do segundo tempo, deu uma assistência magistral e deixou Dzeko na cara do gol. O atacante bósnio só teve o trabalho de driblar o goleiro Viviano e empurrar para a rede.

O empate persistiu até os 48, quando o mesmo Dzeko foi derrubado na área por Skriniar. Totti foi para a cobrança e, sem aparentar o menor nervosismo, deslocou o arqueiro da Sampdoria e fez o terceiro.

Essa foi a primeira partida do meia-atacante no Campeonato Italiano 2016/17, igualando o recorde de Paolo Maldini de 25 temporadas seguidas atuando na Série A. Na edição 2015/16, Totti foi colocado no banco pelo técnico Luciano Spalletti, mas salvou a Roma de inúmeras derrotas entrando no fim das partidas.

A vitória fez o clube giallorosso voltar à terceira posição, com sete pontos, atrás apenas do vice Napoli e da líder Juventus, única com 100% de aproveitamento até aqui.