Tamanho do texto

Aposentado desde 2013, Beckham é lembrado ainda hoje pelas cobranças perfeitas de falta, fundamento no qual era especialista

David Beckham foi um exímio cobrador de faltas
Reprodução
David Beckham foi um exímio cobrador de faltas

O inglês David Beckham, sem dúvidas, é um dos principais jogadores da história daquele país. Nascido em Leytonstone, em Londres, Beckham se aposentou no Paris Saint Germain (PSG), em 2013. Mas foi durante as passagens por Manchester United e Real Madrid que o astro mais se destacou e pôde mostrar seus principais fundamentos: as cobranças de bola parada e os passes longos com muita precisão. 

LEIA MAIS:  Ronaldinho agora é tecnológico e tem até aplicativo de celular

David Beckham começou, ainda na juventude, no Brimsdown Rovers e lá ficou de 1987 a 1991, quando foi para a base do Tottenham Hotspur. Em 1993 se transferiu para o Manchester United, clube onde ficou conhecido para o mundo. No United, o meia jogou até 2003, com um breve empréstimo, em 1995, para o Preston North End.

Nos 'red devils' ele virou ídolo. Jogou ao todo 394 vezes e marcou 86 gols. E ajudou na conquista de seis taças do Campeonato Inglês (1995–96, 1996–97, 1998–99, 1999–00, 2000–01 e 2002–03), duas Copas da Inglaterra (1995–1996 e 1998–99), quatro Supercopas da Inglaterra (1993, 1994, 1996 e 1997), uma Liga dos Campeões (1998-1999) e o então Mundial daquele mesmo ano. Ainda em 99, foi o segundo melhor jogador do mundo, em eleição da revista francesa France Football em conjunto com a Fifa.

LEIA MAIS:  Ibrahimovic e seu árduo caminho para ser o Deus de Manchester

Após o período em Manchester, Beckham foi para o Real Madrid, onde se juntou a Ronaldo, Zinédine Zidane, Roberto Carlos e Luís Figo e formou o time conhecido como "Galáctico". Mas na Espanha o sucesso não foi tão grande como era esperado. Ficou lá até 2007 e marcou 20 gols em 159 jogos. Levantou as taças do Campeonato Espanhol (2006-2007) e da Supercopa da Espanha (2003).

David Beckham fez parte do time galático do Real Madrid, de 2003 a 2007
Reprodução
David Beckham fez parte do time galático do Real Madrid, de 2003 a 2007

Em agosto de 2007, Beckham foi mostrar seu futebol nos Estados Unidos, mais precisamente no Los Angeles Galaxy. Em 2008, foi emprestado ao Milan e ficou até junho de 2009. Retornou à América e chegou a ser vice da Major League Soccer (principal liga de futebol norte-americana). Em janeiro de 2010 foi novamente jogados da equipe rossonera e lá ficou por uma temporada.

LEIA MAIS:  Maracanã: curiosidades sobre o estádio que já foi o "maior do mundo"

Retornou aos Estados Unidos e prorrogou o contrato até o final de 2012. Conquistou o título da MLS Western Conference, disputada entre as equipes da Conferência Oeste na temporada 2009-2010. Em 2011, foi campeoão da MLS Cup. Após o fim do contrato com o LA Galaxy, Beckham chegou a ficar sem clube, porém no fim de janeiro de 2013 assinou com o PSG, que investiu cerca de 200 milhões de euros no craque. Ficou uma temporada completa na França e conquistou o título nacional 2012-2013 ao lado de Zlatan Ibrahimovic. No dia 16 de maio de 2013, Beckham anunciou sua aposentadoria.

Carreira na seleção inglesa

Pela seleção profissional da Inglaterra, Beckham atuou em 115 partidas e fez 17 gols entre 1996 e 2009. Participou de três Copas do Mundo (1998, 2002 e 2006) e duas Eurocopas (2000 e 2004). Conquistou apenas dois títulos, mas sem expressão. Uma de suas maiores tristezas foi não ter participado dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, pela seleção britânica (já que nos Jogos, não há divisão dentro do Reino Unido). "Eu deixei claro que fiquei desapontado e as pessoas em minha volta sabem como foi duro não estar lá", disse à época.

Ao longo dos 20 anos de carreira, David Beckham se caracterizou pela precisão nos passes e também nos chutes longos, além de ser um ótimo cobrador de faltas e pênaltis. Abaixo, você confere uma lista de dez golaços com a bola parada do inglês.