Tamanho do texto

Atualmente no Sport, Oswaldo já passou pelo clube paulista e ganhou um campeonato brasileiro e também um mundial de clubes

Estadão Conteúdo

Oswaldo de Oliveira iniciou a carreira de técnico no Corinthians, em janeiro de 1999
Arquivo iG
Oswaldo de Oliveira iniciou a carreira de técnico no Corinthians, em janeiro de 1999

Caso Tite assuma a seleção brasileira, o Corinthians  já analisa nomes para substituir seu treinador. Oswaldo de Oliveira, atualmente no Sport , tem a preferência do presidente Roberto de Andrade.

Leia

+ Capitão, Miranda vê culpa de todos por fracasso e pede autocrítica na seleção

Oswaldo conhece bem o Corinthians, já foi campeão brasileiro (1999) e mundial (2000) e é bem-visto por parte da torcida como sucessor de Tite. Além disso, é um treinador que costuma trabalhar jovens jogadores, dando espaço a atletas das categorias de base, o que não tem acontecido ultimamente.

Seleção Brasileira chega ao Brasil defendendo continuidade de Dunga

Roberto de Andrade tem boa relação com Oswaldo e já tentou contratá-lo no final de 2013, quando Tite encerrou sua segunda passagem pelo Corinthians. Mas na época, o então presidente Mário Gobbi preferiu apostar no retorno de Mano Menezes.

O técnico tem contrato com o Sport até o final deste ano. Outros nomes analisados pela diretoria são o de Abel Braga, sem clube, e o de Eduardo Baptista, que está na Ponte Preta. O nome de Mano Menezes, que deixou o futebol chinês, está neste momento descartado pela diretoria.

Tite deve ser confirmado como novo técnico da seleção tão logo a CBF demita Dunga. O contrato de Tite com o Corinthians termina no fim de 2017, mas ele tem a palavra do clube que pode romper o vínculo amigavelmente.

Além de já ter treinado o próprio Corinthians, Oswaldo já passou também por Santos, Palmeiras, São Paulo, Vasco, Fluminense, Flamengo e Botafogo, ou seja, por todos os considerados grandes de São Paulo e Rio de Janeiro.