Tamanho do texto

Favorito para ser o goleiro titular na Olimpíada, Ederson foi convocado pela primeira vez para a seleção principal justamente para a disputa da Copa América Centenário

Ederson, goleiro do Benfica, não foi ao jogo contra o Panamá
Divulgação
Ederson, goleiro do Benfica, não foi ao jogo contra o Panamá

Depois de perder Douglas Costa na semana passada, Ricardo Oliveira antes da apresentação e aguardar a recuperação de Rafinha, todos com problemas de lesão, o técnico Dunga tem um problema também no gol.

Leia

Daniel Alves revela jogar com dores há um ano, mas diz que imprensa exagera

Elogiado após estreia com gol, Gabigol ganha pontos com técnico Dunga

O goleiro Ederson afirmou que tem uma pequena inflamação no púbis e, por isso, ficou fora do treinamento de sábado e também do jogo contra o Panamá, no domingo à noite. "Estou me sentindo bem. Tenho uma pequena inflamação no púbis. Amanhã (segunda-feira) volto a treinar com bola e vou ver como me sinto", afirmou o terceiro goleiro da seleção ainda no estádio Dick's Sporting Goods Park, em Denver.

O goleiro afirma que não pensa em ser cortado. Se isso acontecer o único substituto presente na lista de 40 pré-convocados da seleção é Marcelo Grohe, do Grêmio. "Nem passa a ideia de ser cortado. Vou fazer o maior esforço possível para ficar 100%".

Favorito para ser o goleiro titular na Olimpíada, Ederson foi convocado pela primeira vez para a seleção principal. Seu desempenho no Benfica despertou o interesse do Manchester City, que estaria interessado em contratá-lo como reserva de John Hart a pedido do novo técnico Pep Guardiola.