Tamanho do texto

Português é um dos nomes mais cotados no Manchester United, que não está satisfeito com Van Gaal

José Mourinho declarou estar certo de que voltará a trabalhar como técnico de um clube dentro de dois meses, mas disse que a provável nomeação atrasada para o cargo poderá comprometer a preparação durante pré-temporada. O português, de 53 anos, vem sendo fortemente ligado ao Manchester United, mas afirmou que "não sabe de nada" sobre uma mudança para Old Trafford como sucessor de Louis van Gaal.

Mourinho voltará ao futebol ainda neste ano
REPRODUÇÃO/CHELSEA
Mourinho voltará ao futebol ainda neste ano


Mourinho, que foi demitido do comando do Chelsea em dezembro, voltou a um banco de reservas na noite de quarta-feira, no Estádio Azteca, na Cidade do México, onde dirigiu o time "Lendas da Fifa", com astros como Ronaldinho Gaúcho e Fabio Cannavaro, na derrota por 9 a 8 sobre uma equipes com grandes nomes da história do futebol mexicano.

Dirigir uma equipe de novo, ainda que em um jogo festivo antes do Congresso da Fifa, parece ter aguçado o apetite de Mourinho para voltar a trabalhar como treinador. "É claro que eu espero", disse Mourinho à agência de notícias The Associated Press. "Em julho eu estarei de volta. Agora estamos em maio. Maio até julho não é nada. Eu continuo gostando da vida que estou levando, continuo aproveitando a minha família. Mas em julho eu estarei de volta".

O Manchester United nunca rejeitou diretamente as informações de que Van Gaal vai deixar o Old Trafford no final da temporada e será substituído por Mourinho, que treinou Real Madrid, Inter de Milão e Porto entre as suas duas passagens pelo Chelsea.

Além disso, o futuro de Van Gaal parece ainda mais sombrio no momento em que o Manchester United não depende apenas das suas forças para ficar na quarta posição no Campeonato Inglês e se garantir na próxima Liga dos Campeões. Para isso ocorrer, o time precisa superar o Bournemouth e contar com uma derrota do Manchester City para o Swansea no próximo domingo, na rodada final.

"Eu não sei, eu não sei nada sobre isso realmente", declarou Mourinho, sobre o suposto interesse do United. Diretor do United David Gill está na Cidade do México na condição de ser um dos vice-presidentes da Fifa.

Mas se Mourinho voltar mesmo a trabalhar em julho, ele não estará oficialmente envolvido no planejamento da temporada do seu novo clube. "É difícil porque quando você começa em um novo clube neste período, normalmente, o clube que já fez o seu trabalho. Eu lhe dou um exemplo. Eu não sou o treinador do Chelsea, mas eu organizei a pré-temporada Chelsea em muitos aspectos, porque eu fiz isso dez meses atrás. Os clubes têm suas atividades comerciais, departamentos de marketing sempre envolvidos em tudo. Quando um novo técnico chega em maio, junho, é muito difícil tocar em alguns pontos, mas nós sabemos disso".

Mas Mourinho disse que isso não vai afetar a sua capacidade de identificar alvos de negociações antes do início da nova temporada em agosto. "Não é em uma competição como a Eurocopa em que você vai encontrar por milagre algum novo talento. Conhecemos todos, por isso é apenas uma questão de tentar escolher os jogadores que sua equipe precisa", comentou.