Tamanho do texto

Suspenso por dopping, volante Wellington volta de empréstimo e tem liberação do STJD para treinar no CT

Wellington foi liberado para treinar e pode reforçar o São Paulo
Arquivo iG
Wellington foi liberado para treinar e pode reforçar o São Paulo

O São Paulo está próximo de ganhar o seu sétimo reforço para a temporada de 2016. Trata-se do volante Wellington, formado na base da equipe paulista, e que estava emprestado ao Internacional.

O jogador, ao lado de Nilton que segue no Internacional, foi suspenso por cinco meses por uso de substáncias que podem mascarar o dopping, com punição válida até abril deste ano. A suspensão valia para qualquer atividade profissional, ou seja, o jogador estava impedido até de treinar no clube detentor do seu passe.

Leia também:

+ Lugano deve ficar com a braçadeira de capitão que hoje é de Michel Bastos

+ Com dores musculares, Barrios deve ficar fora do clássico contra o Santos

Depois de ouvir do jogador a vontade de permanecer no clube, o São Paulo entrou com um pedido no STJD para que o atleta fosse liberado para exercer atividades de treino, condição que foi prontamente atendida pela entidade. A liberação, porém, só vale para que o jogador retome os treinamentos no clube, sendo que o atleta segue suspenso até abril.

Primeiro volante de origem, Wellington terá pouco mais de uma semana para mostrar pro técnico Edgardo Bauza que pode ser inscrito já no Campeonato Paulista, uma vez que a inscrição do torneio termina dia 26 de fevereiro. Caso seja inscrito, poderá atuar nas últimas rodadas da primeira fase e em toda fase final. Wellington chega em uma posição que o treinador considera carente no elenco, que só conta com Hudson e João Schimitd para a vaga. Além deles, Rodrigo Caio, volante de origem, e Breno já atuaram na posição. Wesley e Thiago Mendes são mais ofensivos.

    Leia tudo sobre: Futebol