Tamanho do texto

Lucas Fernandes marcou o gol do título inédito para o futebol brasileiro. Foi a quarta conquista do São Paulo em um ano

São Paulo venceu o Liverpool(URU) por 1 a 0 e garantiu o primeiro título da Libertadores Sub-20
Igor Amorim/spfc.net
São Paulo venceu o Liverpool(URU) por 1 a 0 e garantiu o primeiro título da Libertadores Sub-20

O São Paulo venceu o Liverpool do Uruguai por 1 a 0 na noite deste domingo e venceu a Libertadores Sub-20, disputada no Paraguai. Com três edições do torneio sul-americano disputada, foi a primeira vez que um clube brasileiro levantou a taça.

O São Paulo conquistou o direito de disputar a competição graças ao título da Copa do Brasil da categoria. Além disso, no último ano a equipe venceu ainda a Copa Ouro e a Copa RS.

Leia mais:

+ APÓS FALHA DE LUCÃO, ANDRÉS SANCHEZ SUGERE CONTRATAÇÃO DO ZAGUEIRO NO CORINTHIANS

+ NEYMAR REVELA QUE JOGADA ENSAIADA NO PÊNALTI ERA SUA: “TÍNHAMOS TREINADO, EU E LEO”

A partida foi muito truncada desde o início e o São Paulo teve dificuldades em superar a forte marcação dos uruguaios para impor seu estilo de jogo com a bola no chão. O gol do título saiu apenas no final da partida, quando, aos 39 da segunda etapa, quando Lucas Fernandes recebeu passe de David Neres. Na primeira tentativa o camisa 10 foi travado pela defesa, no rebote, ele girou sobre o zagueiro e marcou para a equipe brasileira.

Veja o gol do título do São Paulo na Libertadores Sub-20 em vídeo do Fox Sports:

Veja mais vídeos do Fox Sports

Após o gol, jogadores uruguaios e brasileiros deram início a uma briga no meio de campo, com empurrões e xingamentos entre atletas das equipes. Depois da situação ser acalmada, o árbitro expulsou David Neres, do São Paulo, e De Amores, do Liverpool. Já nos acréscimos, De La Cruz, também da equipe uruguaia, recebeu o vermelho e o São Paulo aproveitou a vantagem numérica para segurar o placar.

Após a partida, o técnico André Jardine comemorou a conquista que chegou para fechar um ano de trabalho considerado excelente e aproveitou para exaltar as categorias de base da equipe, principalmente a geração do sub-20.

"Estou desfrutando a realização de um ano de um grande trabalho, coroado com essa conquista que nunca sairá das nossas memórias", disse o técnico da equipe campeã, "O São Paulo é um clube vencedor, está em seu DNA conquistar coisas gradiosas, e eu cheguei aqui querendo fazer parte disso, querendo fazer parte de grupos vencedores, ter meu nome lembrado, não só por títulos conquistados, mas também por um trabalho feito de coração. O que o Sub-20 tem hoje de mim, é entrega, dedicação diária", completou.

Banguelê, capitão da equipe sub-20, ergue a taça de Campeão da Libertadores
Igor Amorim/spfc.net
Banguelê, capitão da equipe sub-20, ergue a taça de Campeão da Libertadores


O capitão Banguelê exaltou o espirito da equipe durante a disputa do torneio e da final e destacou a importância da conquista do torneio sul-americano.

"A gente sabia que não podia errar, e por isso fomos aguerridos do começo ao fim do campeonato. Nosso time mostrou que é guerreiro. Agora vamos comemorar e aproveitar este momento, porque lutamos muito para poder realizar este sonho. A Libertadores é uma conquista marcante na carreira de todos nós", afirmou o volante, que teve sua contratação em definitivo acertada pouco antes do torneio, e vive agora a expectativa de ser utilizado pelo técnico Edgardo Bauza no time principal.

Para chegar à final da Libertadores Sub-20, o São Paulo empatou na primeira fase com o Libertad, em 1 a 1, em partida que teve dois jogadores expulsos, venceu o Independiente Del Valle por 8 a 0 e o Melgal por 3 a 0 na primeira fase. Na semifinal superou o Lanús, por 3 a 2, de virada, após sair perdendo de 2 a 0 em menos de 20 minutos.

Lucas Fernandes comemora o gol que deu o título da Libertadores Sub-20 ao São Paulo
Igor Amorim/spfc.net
Lucas Fernandes comemora o gol que deu o título da Libertadores Sub-20 ao São Paulo

O torneio sul-americano encerrou sua terceira edição. Nas duas primeiras, disputadas no Peru em 2011 e 2012, o Universitário-PER e o River Plate-ARG, foram os campeões. Com a retomada, o torneio será disputado a cada dois anos e terá a presença de 12 equipes, sendo uma de cada país filiado a Conmebol, uma convidada do país que sediar o torneio, além da atual campeã.




    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.