Tamanho do texto

Jogador argentino do Barcelona foi considerado culpado da acusação por fraude fiscal nos anos de 2011 e 2012

O argentino Mascherano foi condenado pela justiça da Espanha por fraudes fiscais
EFE
O argentino Mascherano foi condenado pela justiça da Espanha por fraudes fiscais

O volante argentino Javier Mascherano, do Barcelona , foi condenado nesta quinta-feira pela justiça espanhola a um ano de prisão por conta de crimes fiscais cometidos pelo jogador nos anos de 2011 e 2012. Além da pena privativa de liberdade, terá que pagar uma multa de 815 mil euros.

Leia mais:

Recurso é negado e Suárez cumprirá suspensão de dois jogos na Copa do Rei

+ Ronaldinho mantém mistério sobre o seu futuro: 'Vou esperar o Carnaval'

Durante todo o processo, Mascherano se declarou culpado e se mostrou disposto a aceitar o pagamento de uma multa de 200 mil euros por seus crimes que correspondiam a uma fraude no valor de 1,5 milhão de euros.

A defesa do atleta já entrou com o pedido de suspensão automática da pena de prisão e sua conversão em nova multa, desta vez no valor de 21 mil euros, proposta que tem aceitação junto ao corpo julgador e a acusação. A nova decisão deve sair em alguns dias.

Na atual temporada, diversos jogadores do elenco do Barcelona apresentaram problemas com o fisco. Os casos de maior repercussão aconteceram com Messi  e com Neymar , que também enfrentam julgamentos por fraudes fiscais.