Tamanho do texto

No total, clube espanhol desembolsará pouco mais de 100 milhões de euros, cerca de R$ 449 milhões na atual cotação

Gareth Bale é o jogador mais caro da história do futebol
Victor Carretero/Real Madrid
Gareth Bale é o jogador mais caro da história do futebol

Desde que contratou o galês Gareth Bale, em 2013, o Real Madrid afirmou ter desembolsado 91 milhões de euros. O vazamento do contrato, feito pelo site "Football Leaks", porém, revelou que o negócio passará dos 100 milhões de euros, o que comprova que o atual camisa 11 dos Galáticos é o jogador mais caro da história do futebol.

O verbo "passar" está no futuro porque falta ainda uma parcela, das quatro, a ser quitada, prevista para ser depositada até julho deste ano. Cada uma delas custou 24.935.895 euros, totalizando 99.743.542 euros, mas, ao incluir os 5% do mecanismo de solidariedade da Fifa, para recompensar o clube formador, chega a 100.759.417 euros ou R$ 449,36 milhões na cotação atual. 

Leia mais:  Real Madrid segue liderando ranking dos mais ricos do mundo

Caso o pagamento pelo atacante fosse à vista, o prazo era de 15 dias e o valor seria de 87 milhões de euros, o que manteria Cristiano Ronaldo como o mais caro do futebol, já que sua transferência do Manchester United para o Real Madrid custou 96 milhões de euros.

Outra cláusula curiosa vazada do contrato é de que o jogador de 26 anos não pode falar mal do Tottenham, seu ex-clube. Além disso, os papéis mostram que o Real só poderia falar que o negócio custou 78,1 milhões de libras ou 91,5 milhões de euros, enquanto o escrete inglês não falaria sobre a parte financeira da negociação.

No contrato ainda está que o Tottenham tem prioridade em um possível retorno de Bale à Inglaterra. Se houver alguma proposta do país pelo jogador até a metade de 2019, o Real precisa avisar o clube londrino, que deve responder em até 72 horas se cobrirá a oferta ou não.