Tamanho do texto

Considerado ídolo pela torcida tricolor, zagueiro uruguaio ainda não foi anunciado como reforço para o ano de 2016

No São Paulo, Lugano deve utilizar o número 5, assim como em sua primeira passagem
Divulgação
No São Paulo, Lugano deve utilizar o número 5, assim como em sua primeira passagem


Ao final da temporada de 2015, a torcida são-paulina sofreu com a aposentadoria de Rogério Ceni, maior ídolo da história do clube. Na busca por alguém que pudesse suprir a falta do líder em campo, os torcedores pediram a volta do zagueiro Diego Lugano.

A diretoria do Tricolor acatou o pedido e foi atrás do uruguaio, que estava vinculado ao Cerro Porteño, do Paraguai. Nesta semana, o jogador confirmou a rescisão com o antigo clube e ficou livre para assinar com o São Paulo , entretanto, o acerto ainda não foi confirmado. 

Sem se importar com a falta de um anúncio oficial, torcedores já começaram a comprar camisas com o nome de Diego Lugano. A procura foi tanta que as vendas de camisas do zagueiro na loja oficial do clube já superam as de Rogério.

As camisas personalizadas com o nome do uruguaio e o número 5, utilizado na vitoriosa passagem de Lugano pelo Morumbi entre os anos de 2003 e 2006, já representam quase 20% no total das vendas. 

Lugano é aguardado no Brasil ainda nesta sexta-feira para assinar contrato com o São Paulo e selar sua volta. Quando confirmado, será a segunda contratação do Tricolor para a temporada. Antes dele, o clube fechou com o lateral-esquerdo Mena, que veio por empréstimo do Cruzeiro.