Tamanho do texto

Votação teve Pep Guardiola em segundo e Massimiliano Allegri em terceiro na disputa dos melhores técnicos de 2015

Luis Enrique, técnico do Barcelona
EFE
Luis Enrique, técnico do Barcelona

O técnico do Barcelona, Luis Enrique, foi eleito o melhor treinador de 2015, nesta segunda-feira, pela Federação de História e Estatística do Futebol (IFFHS), enquanto Lionel Messi foi apontado como melhor "playmaker", ou seja, o "cérebro" do time.

Campeão de cinco dos seis torneios que disputou, incluindo a Liga dos Campeões, Luis Enrique marcou 165 pontos, enquanto o segundo colocado, seu compatriota Josep Guardiola, do Bayern de Munique, fez 86. O terceiro lugar foi do italiano Massimiliano Allegri, vice da 'Champions' pela Juventus, com 43. Ele sucedeu o italiano Carlo
Ancelotti, ex-Real Madrid.

Leia também: Torcedores do Espanyol imitam macaco para Neymar

Dono de quatro prêmios de melhor do mundo da Fifa, Messi foi escolhido pela primeira vez na carreira o melhor "cérebro", com 168 pontos. O segundo colocado foi Andrés Iniesta, seu companheiro no Barça, com 91, enquanto o italiano Andrea Pirlo, eleito em 2012 e
2013, foi o terceiro.

Melhores técnicos de clubes:
1. Luis Enrique (Barcelona) 
2. Josep Guardiola (Bayern de Munique) 
3. Massililiano Allegri (Juventus)
4. Unai Emery (Sevilla)
5. Marcello Gallardo (River Plate) 
6. Carlo Ancelotti (Real Madrid) 
7. Diego Simeone (Atletico de Madrid) 
8. Dieter Hecking (Wolfsburg) 
9. Laurent Blanc (Paris Saint-Germain)
10. Miron Maskevic (Dnipro Dnipropetrovsk) 

Melhores playmakers:
1. Lionel Messi (Argentina/Barcelona) 
2. Andrés Iniesta (Espanha/Barcelona) 
3. Andrea Pirlo (Itália/Juventus/New York City) 
4. Eden Hazard (Bélgica/Chelsea) 
5. Kevin De Bruyne (Bélgica/Wolfsburg/Manchester City) 
6. Yaya Touré (Costa do Marfim/Manchester City) 
7. Toni Kroos (Alemanha/Real Madrid) 
8. Luka Modric (Croácia/Real Madrid) 
9. James Rodríguez (Colômbia/Real Madrid) 
10. Javier Pastore (Argentina/Paris Saint-Germain)