Tamanho do texto

Técnico montou time titular pela primeira vez na pré-temporada e manteve Guerrero no comando do ataque

Alexandre Pato em treino da pré-temporada do Corinthians em 2014
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Alexandre Pato em treino da pré-temporada do Corinthians em 2014

O técnico Mano Menezes montou pela primeira vez nesta terça-feira um time titular do Corinthians desde o início da pré-temporada no dia 6 de janeiro. No CT Joaquim Grava, o treinador comandou um coletivo, deixando os atacantes Emerson Sheik e Alexandre Pato na reserva, assim como o meia Douglas.

Deixe seu comentário para a notícia

Ainda sem contar com Renato Augusto, o técnico colocou Rodriguinho centralizado na armação das jogadas, enquanto Romarinho se posicionou aberto pela direita, e Danilo avançava pela esquerda. Já Paolo Guerrero atuou como centroavante, mas teve desempenho abaixo do esperado. Assim, o técnico manteve o esquema 4-2-3-1, que já vinha sendo utilizado por Tite.

Leia também:  Preparador físico reencontra Pato e promete atenção especial

Neste nono dia de preparação da temporada, Mano armou o time que deve atuar no jogo-treino contra o Red Bull, na quarta-feira. A atividade durou cerca de 40 minutos, sem alterações nos jogadores de linha dos titulares. O treinador interrompeu a movimentação várias vezes, dando orientações táticas, tudo sob o olhar do presidente Mário Gobbi, que chegou ao banco de reservas no início da atividade.

No gol, Mano não deve ter mesmo Cássio na estreia do Campeonato Paulista, já que o goleiro fez um trabalho separado no início do treino, deixando a vaga nos titulares para Walter. No decorrer da atividade, Cássio entrou nos reservas, no posto de Júlio César, e Danilo Fernandes assumiu o lugar de Walter.

Assim, os titulares foram escalados com Walter (Danilo Fernandes); Edenilson, Gil, Paulo André e Uendel; Ralf e Guilherme; Romarinho, Rodriguinho e Danilo; Guerrero. Já os reservas atuaram com Júlio César (Cássio); Diego Macedo, Cleber, Wanderson e Jocinei; Felipe, Ibson, Douglas e Paulo Victor; Emerson Sheik e Alexandre Pato.