iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/10 - 16:46

Inter persegue título brasileiro até no sub 23

Clube leva a sério a competição, pois base da equipe será usada para disputar a primeira fase do Gauchão 2011

Altair Santos, especial para o iG

O Internacional quer porque quer voltar a ser campeão nacional. Nem que seja no Campeonato Brasileiro sub-23. Por isso, o clube entrou forte no torneio, que começou a ser disputado neste ano e envolve outras nove equipes da Série A. A razão de o Inter levar a competição a sério é que ela também serve de laboratório para o projeto de 2011.

Por causa do Mundial da Fifa, em Abu Dhabi, que será disputado em dezembro deste ano, o Internacional não terá condições de disputar parte do Campeonato Gaúcho com força máxima. No retorno dos Emirados Árabes Unidos, o elenco principal ganhará férias, e quem vai representar o clube no Gauchão será a equipe sub-23, que já busca entrosamento no Brasileiro da categoria.

Segundo o coordenador das categorias de base, Jorge Macedo, pelo menos o primeiro turno estadual terá a equipe sub-23 como titular.  “Se tudo caminhar como prevemos, a equipe B fará a primeira parte do Campeonato Gaúcho”, diz, lembrando que o martelo só poderá ser batido após a eleição do novo presidente do Internacional, que acontece no início de dezembro.

Se vingar o plano, o Internacional vai entrar em campo, no início da temporada de 2011, com jogadores como o goleiro Muriel, o lateral-direito Daniel, o lateral-esquerdo Cléber, o zagueiro Wagner Silva, o volante Elton, os meio-campistas João Paulo, Ítalo, Marquinhos e Eduardo Sacha e os atacantes Guto e Ricardo Goulart. “O Internacional aposta muito nesta base para renovar o elenco”, diz Macedo.

Segundo o dirigente, o Internacional poderá manter essa equipe sub-23 até 2014, já que a maioria dos jogadores tem contrato de cinco anos. “Boa parte, diria 70%, é oriunda das categorias de base. Então, estamos tranquilos quanto à manutenção deles. Os outros jogadores, que estão emprestados, o Internacional tem a preferência de compra e vai realizá-la com os jogadores que se destacarem”, conta Macedo.

Apesar de a equipe denominar-se sub-23, apenas o goleiro Muriel tem 23 anos. Os demais variam entre 21 e 18 anos. Por isso, o Internacional está valorizando o Campeonato Brasileiro da categoria. O clube acredita que um título dará moral à equipe para começar a disputa do estadual. “Além disso, teremos mais uma conquista inédita na nossa galeria de títulos”, exulta Jorge Macedo.

A disputa
O Campeonato Brasileiro sub-23, além do Internacional, é disputado Fluminense, Palmeiras, Vasco, Avaí, Corinthians, Santos, Flamengo, Atlético-MG e Botafogo. As equipes estão divididas em dois grupos, que se enfrentam entre si em turno únicos. Os dois melhores colocados de cada chave avançam para a semifinal. A competição ressuscita a decisão por pênaltis em caso de empate nos 90 minutos, revivendo critério de desempate utilizado na copa União de 1988. A vitória dá três pontos para o vencedor, enquanto o derrotado não pontua. Em caso de empate, o vencedor na cobrança de penalidades leva dois pontos e o derrotado apenas um.


Leia mais sobre: sub-23 Internacional

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Divulgação

ricardo goulart

Ricardo Goulart
Atacante é uma das apostas do Inter para o futuro e está no Brasileiro sub-23

Topo
Contador de notícias