iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07 - 21:34

Cruzeiro se reabilita na estreia de Cuca e derruba o Atlético Paranaense

Jogando na Arena da Baixada, Atlético caiu diante do Cruzeiro por 2 a 0

Gazeta Esportiva

Em seu retorno ao Campeonato Brasileiro, prometendo dias melhores, o Atlético Paranaense caiu diante do Cruzeiro por 2 a 0, em plena Arena da Baixada, e continuará mais uma rodada na zona de rebaixamento. A Raposa, que estreava o técnico Cuca, se reabilitou na competição e, com 12 pontos, saltou para a quinta colocação, pelo menos até o fim dos jogos da noite desta quarta-feira.

Depois de 45 minutos de poucas oportunidades no primeiro tempo, Wellington Paulista, aos 46 minutos, abriu o placar, subindo livre para tocar de cabeça para as redes. Depois do intervalo, o Atlético partiu para a pressão e tentou bastante, mas parou em uma grande noite do goleiro Fábio. Aos 41 minutos, Robert, tocando na saída do goleiro, fechou a contagem. Assista aos gols


Na próxima rodada, o Atlético Paranaense voltará a campo no sábado, quando enfrentará o Vasco da Gama, no Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro. Já o Cruzeiro receberá o Goiás no domingo, em jogo marcado para a Arena do Jacaré.

O jogo

O Atlético iniciou buscando o campo e ataque, tentando impor seu ritmo. Aos quatro minutos, Paulo Baier mandou para a área, Alex Mineiro desviou de letra e a bola desviou no goleio antes de sair. Quase um golaço na Arena. Thiago Ribeiro tentou responder, aos seis minutos, mas pegou mal na bola. No minuto seguinte, ótimo cruzamento de Wagner Diniz e Alex Mineiro quase completou para as redes.

A Raposa equilibrou as ações e, aos 10 minutos, com uma bomba de fora da área, Thiago Ribeiro exigiu grande defesa de Neto. Aos 14 minutos, foi a vez de Gilberto arriscar de longe, por cima da meta. A bola até balançou aos 21 minutos, com Bruno Mineiro recebendo de Alex e empurrando para o gol. Mas o árbitro anulou o lance marcando o impedimento do atacante atleticano.

O ritmo do jogo caiu, com muita briga no meio campo. Aos 27 minutos, Alex Mineiro apareceu com liberdade e novo impedimento foi marcado, para irritação da torcida. Aos 33 minutos, Paulo Baier recebeu, tentou driblar o goleiro, mas Fábio se recuperou e salvou. Roger, longe de seus melhores dias, tentou ao arremate aos 36 minutos e isolou. Quando o primeiro tempo já se encerrava, Wellington Paulista, de cabeça, abriu o placar, aos 46 minutos.

Na segunda etapa começou movimentada, com várias chances de gols desperdiçadas. Aos dois minutos, Gilberto recebeu com liberdade na área e chutou para fora. A reação veio com Bruno Mineiro, que aos seis minutos, na cara do gol, bateu em cima de Fábio. Pressão rubro-negra e, aos nove minutos, Alex Mineiro abriu o espaço e chutou travado com a defesa.

Atrás no placar, jogando em casa, o Atlético-PR passou a dominar o jogo, com maior posse de bola. Aos 13 minutos, Bruno Mineiro recebeu passe açucarado de Paulinho e arrematou alto demais. A Raposa não estava morta e voltou a levar muito perigo aos 18 minutos, com Wellington Paulista, que chutou no cantinho e obrigou Neto a fazer grande defesa. Aos 24 minutos, Branquinho mandou a bomba e Fábio pegou mais uma.

Sob vaias, Alex Mineiro deixou o gramado para a entrada de Tiago Santos. Enquanto isso, o goleiro cruzeirense dava espetáculo. Aos 29 minutos parou Wagner Diniz, que chutou a queima-roupa. Mais um gol anulado do Furacão, aos 32 minutos, com Rhodolfo desviando de cabeça em impedimento. Aos 39 minutos, Paulo Baier carimbou a barreira. Porém, aos 41 minutos, Robert tocou na saída de Neto e fechou o placar.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 0 X 2 CRUZEIRO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 14 de julho de 2010, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Dante Mesquita Júnior (ambos de SP)
Cartões amarelos: Manoel (Atlético-PR); Roger (Cruzeiro)
Gols: CRUZEIRO: Wellington Paulista, aos 46 minutos do primeiro tempo, e Robert, aos 41 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Neto; Wagner Diniz, Rhodolfo, Manoel e Jean (Branquinho); Vitor (Eli Sabiá), Fransérgio, Paulinho e Paulo Baier; Bruno Mineiro e Alex Mineiro (Tiago Santos)
Técnico: Paulo César Carpegiani

CRUZEIRO: Fábio; Jonathan, Gil, Cláudio Caçapa e Diego Renan; Fabrício, Henrique, Roger (Marquinhos Paraná) e Gilberto (Fabinho); Thiago Ribeiro (Robert) e Wellington Paulista
Técnico: Cuca


Leia mais sobre: Cruzeiro Atlético-PR Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

us cruzeiro

Wellington Paulista
Jogador abriu o placar para o Cruzeiro, nos acrécimos no primeiro tempo da partida

Topo
Contador de notícias