iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/09 - 14:15

África do Sul vence, e Joel Santana ganha fôlego
Depois de três meses sem vitórias, Bafana Bafana sofrem em amistoso contra Madagascar, mas conseguem vitória por 1 a 0

Levi Guimarães, enviado especial iG Esporte


PRETORIA (África do Sul) - Foram seis derrotas consecutivas depois da vitória sobre a Nova Zelândia na Copa das Confederações, em junho. Mas na tarde deste sábado, a seleção sul-africana encerrou o jejum com uma vitória por 1 a 0 em amistoso contra Madagascar em Kimberley. O resultado deve aliviar a pressão sobre o técnico brasileiro Joel Santana, que tem sido alvo de muitas críticas da imprensa no país-sede da próxima Copa do Mundo.

A pressão sofrida durante a última semana, aliás, parece ter feito com que Joel mudasse sua postura com a imprensa local. Na entrevista concedida após a partida, ao contrário do  que vinha fazendo, Joel não dispensou a ajuda de uma tradutora. Ele respondeu as perguntas em português e fez questão de destacar o apoio dos torcedores (o estádio Absa Park, com capacidade para pouco menos de 20 mil pessoas, estava lotado).

“Estou feliz com a vitória e quero agradecer primeiramente pela energia positiva que tivemos aqui, pois isso é muito importante no futebol. Sobre o jogo, estivemos bem tanto no primeiro tempo quanto no segundo. No primeiro ainda erramos muitos passes por conta da falta de conjunto, já que muitos atletas jogaram juntos pela primeira vez. Mas no segundo marcamos mais em cima e apostamos em bolas mais longas. Pressionamos o adversário durante os 90 minutos e podíamos inclusive ter um placar mais elástico. Mas foi bom para dar mais tranquilidade aos novos jogadores”, afirmou Joel.

O triunfo, no entanto, não foi tão fácil quanto se esperava, considerando que o adversário era apenas o 131º colocado no ranking de seleções da Fifa. Sem contar com quase metade do time titular, por conta de contusões e pelo fato de contar apenas com jogadores que atuam no país, os Bafana Bafana mais uma vez tiveram grande dificuldade no setor ofensivo, com o gol decisivo saindo apenas aos 19 minutos do segundo tempo.

Apesar de dominar a posse de bola desde o começo do jogo, os anfitriões viram a primeira grande chance de gol ser desperdiçada pelo ataque de Madagascar aos 28 minutos, em bom chute da entra da área desviado para escanteio pelo goleiro Emile Baron.

Mas a África do Sul continuou com o controle do jogo e, aos 43 minutos, perdeu a melhor oportunidade de abrir o placar. O atacante Richard Henyekane sofreu falta fora da área, mas o árbitro da partida marcou pênalti para os donos da casa. Na cobrança, contudo, Mabhudi Khenyeza bateu fraco e o goleiro de Madagascar defendeu com certa facilidade.

No segundo tempo, a superioridade em relação à posse de bola continuou não se refletindo na criação de boas chances. Apenas aos 19 minutos a equipe de Joel conseguiu furar a defesa de Madagascar, quando o atacante Katlego Mphela, que entrou no intervalo, completou cruzamento da direita sem dar chance ao goleiro.

Madagascar ainda teve uma ótima chance de igualar o placar aos 42 minutos do segundo tempo, mas o lateral-direito Siboniso Gaxaã afastou a bola de cima da linha no momento decisivo. Além disso, o lance já estava parado por conta de uma falta no goleiro sul-africano.

Na preparação para o Mundial de 2010, os Bafana Bafana ainda terão mais quatro partidas na temporada 2009. Em outubro, o time enfrenta a Noruega e a Islândia, ambas as partidas fora de casa. E em novembro, recebe o Japão em local ainda não definido e a Jamaica em Bloemfontein.


Leia mais sobre: África do Sul Joel Santana

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Joel Santana , ao lado do mascote da Copa do Mundo, aplaude entrada da África do Sul em campo con...

Joel Santana
Desde junho, seleção comandada pelo brasileiro havia perdido seis partidas consecutivas

Topo
Contador de notícias