Tamanho do texto

O Brasileirão 2001 foi inesquecível, com a final Furacão x São Caetano, o 7x1 do Vasco no São Paulo e Flamengo quase rebaixado

Chamam de revolução do Atlético-PR o momento em que Mário Celso Petraglia assumiu o comando do time, em 1995 depois do Coritiba 5x1 Atlético-PR no Atletiba da Páscoa. Depois disso o time fez história, mudou de símbolo, ergueu a Arena da Baixada e o CT do Caju, virou Athletico-PR e ganhou muitos títulos... entre eles, o Brasileirão 2001, o mais especial.

Entre as maiores estrelas do Atlético-PR 2001 estavam Nem, Gustavo, Alessandro, Kleber Pereira e Adriano Gabiru, comandados primeiro por Mário Sérgio e depois por Geninho. Cocito também marcou seu nome, especialmenta nas quartas de final quando anulou e contundiu Kaká pelo São Paulo. Mas o herói daquela conquista foi Alex Mineiro, que marcou 8 gols nos 4 jogos decisivos do mata-mata.

O São Caetano ficou de novo com o vice e outros grandes times fizeram história no Campeonato Brasileiro de 2001, como a Ponte Preta de Washington e o Vasco de Romário. Naquele ano tivemos históricos Vasco 7x1 São Paulo, Vasco 7x1 Guarani e Vasco 5x1 Flamengo.

O Flamengo, aliás, quase caiu. Só escapou de ser rebaixado na última rodada, com vitória contra o Palmeiras em Juiz de Fora. 

Não faltaram histórias sobre o Brasileirão de 2001.

Conheça o Última Divisão :
Youtube
Facebook 
Instagram 
Twitter