Tamanho do texto

Um Brasileirão inesquecível para a torcida Coxa-Branca, mas também para os fanáticos pelo Bangu e Brasil de Pelotas

O Coritiba comandado por Ênio Andrade e Dirceu Krüger - e, claro, de ídolos como Rafael, Jairo, Toby, Lela e Índio - fez história em 1985, quando colocou o futebol do Paraná no topo do esporte nacional. Até rivais, como o poeta atleticano Paulo Leminski, se renderam àquela incrível façanha. Em um ano marcado por zebras, a final do Brasileirão foi entre Coxa e Bangu, num Maracanã lotado - e se decidiu a favor do time do Sul após pênalti perdido por Ado.

91 mil vozes se calaram para ver o Coritiba campeão brasileiro!

O Coxa-Branca surpreendeu as grandes forças do Brasil no Brasileiro 1985, forte fora de casa e no Couto Pereira nos momentos decisivos. Outro time que fez história naquele ano foi o Brasil de Pelotas. O jogo Brasil 2 x 0 Flamengo de Zico, no estádio Bento de Freitas, até hoje é lembrado como o auge daquele time que chegou ao terceiro lugar.

Relembre o dia mais feliz da história Coxa Branca - e como o alviverde de Curitiba chegou até lá no Brasileirão 1985 - no vídeo de hoje.

Conheça o Última Divisão:
Youtube
Facebook 
Instagram 
Twitter