Tamanho do texto

O time histórico comandado por Jorginho Cantinflas tinha em seu elenco nomes como Wéverton, Marco Antônio, Ananias e Edno

Em 2011, nada indicava que a Portuguesa de Desportos teria um ano fácil. Foi mal na Copa do Brasil e não foi muito longe no Paulistão. Até que na Série B tudo mudou. Sob o comando do técnico Jorginho, o time do Canindé apostou em um futebol veloz e ofensivo, que acabou sendo apelidado pela torcida e pela imprensa de Barcelusa. As comparações com o time catalão chegaram até aos jogadores: Wéverton passou a ser chamado de Wéverton Valdez, Marco Antônio de Xavi Antônio, Ananias seria Ananiesta, e por aí vai.

Assim como o Barcelona, a Lusa também mostrou um futebol competitivo, garantindo vaga para a Série A com sete rodadas de antecedência. E o tão aguardo título da Série B, a primeira e única conquista nacional da Portuguesa, aconteceu faltando três rodadas.

Desde então, a Lusa não conseguiu repetir o feito impressionante e atualmente está em uma séria crise financeira que tem como de partida o fim de 2013, após o infame caso Héverton. Para quem não se lembra, naquele Brasileirão a Lusa acabou perdendo 4 pontos por ter escalado irregularmente o jogador e, consequentemente, terminou a temporada na zona de rebaixamento. 

Apesar de todos esses problemas, ficamos na torcida para que a Portuguesa dê a volta por cima e seja novamente um dos times mais queridos do Brasil.

Conheça o Última Divisão :

Youtube
Facebook
Instagram
Twitter