Hoje em dia não é fácil encontrar um "jogador raiz", aquele cara folcórico e divertido, que dá boas entrevistas e melhora o ambiente nos vestiários. Mas até a década passada um deles era Cleiton Eduardo, o Perdigão, que ganhou esse apelido porque o pai trabalhava naquela marca de alimentos.

Aliás, Perdigão é muito lembrado justamente por causa de alimentos. Afinal controlar o peso sempre foi um problema para ele. No vídeo contamos histórias relacionadas a isso e também falamos sobre uma mágoa na carreira. E os grandes momentos, também relatados no vídeo, aconteceram no Internacional, principalmente durante o Mundial de Clubes. Perdigão está aposentado e faz atividades fora do futebol, mas é um figuraça que merece ser eternizado!

Conheça o Última Divisão :

Youtube
Padrim
Facebook
Instagram
Twitter

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários