Tamanho do texto

Na segunda passagem pelo clube o jogador promete que vai entrar para a história do São Paulo

undefined
Reprodução
Alexandre Pato quer fazer história no São Paulo

              Alexandre Pato está de volta ao Tricolor. Muitos motivos são responsáveis por esse retorno: a saudade da família, a namorada que mora em São Paulo, a independência financeira conquistas e a vontade der ser feliz num clube que sempre o acolheu, mesmo nos momentos mais difíceis da carreira do atleta.

Leia também: Bipolaridade Tricolor

               A diretoria do São Paulo vem recebendo enormes críticas, Raí e o Presidente Leco são alvos permanentes da fúria da torcida, que além da carência de títulos e ídolos, adora achara os vilões em qualquer momento. Não estou tirando a razão do torcedor, é compreensível tudo isso, mas às vezes, ou quase sempre, só atrapalha. Pato chega para amenizar o clima.

               A torcida pediu um goleiro, chegou Thiago Volpi, pediu desesperadamente a volta do Profeta e ele veio, quis que o clube se livrasse dos “vagabundos” do elenco (segundo ela) e Diego Souza foi para o Botafogo: Nenê, Bruno Peres e Jucilei podem deixar o time a qualquer momento.

undefined
Twitter/Reprodução
Raí e Leco apostam em Pato


               Os tricolores pediram a chegada de um grande nome, quem desembarcou no Morumbi foi Pablo que era disputado por vários clubes e custou um valor altíssimo, pediu para que os treinadores usassem a base e é ela que dá esperanças agora ao time. E mais um pedido foi atendido agora com a chegada de Alexandre Pato.

               O que esperar do jogador popstar ? Eu espero muitas coisas e positivas. Pato mesmo disse que está mais maduro. A contratação foi polêmica, nos bastidores se fala que estava com um pé no Palmeiras e depois resolveu assinar com o Tricolor e tudo por amor.

Amor incondiconal?

               Amor ao clube, aos pais, à namorada, à torcida, ao que ele quiser. Pato pode se dar ao luxo de amar quem ele quiser. Pato sempre foi considerado um craque e na mesma proporção, um jogador alienado. Deu motivos para tudo isso e promete que agora será diferente.

Leia também: Clássicos paulitas agitam as semifinais

               Eu vejo um jogador muito profissional, comprometido e que sabe o que quer e principalmente, o que não quer. Bola ele tem de sobra, mas e a vontade de jogar bola? Parece que ela existe e que vai durar muito tempo, sorte dele, do São Paulo e de quem gosta de futebol bem jogado.

E o Cuca?

               O técnico Cuca, que assume o time na próxima terça-feira (02 de abril), em meio às semifinais do Paulistão contra o Palmeiras, ainda não vai contar com o jogador na disputa estadual, mas poderá usá-lo daqui pouco menos de um mês, no Brasileirão. Cuca que era contra a chegada do atleta, devido aos valores altos da contratação, vai ter o problema bom que todo técnico quer ter: muitas opções no elenco.

undefined
Site oficial
Cuca em sua chegada ao São Paulo e agora pode escalar Pato


               As coisas estão acontecendo numa velocidade espantosa no ano Tricolor, da euforia pela disputa da Libertadores nessa temporada, a tristeza pela eliminação precoce. Claro que houve erros no planejamento, a viagem para a Flórida, a efetivação de André Jardine e outras coisas mais. O que parece agora, é que a chave está mudando de posição.

               Mas a chave mesmo, para que o time tenha sucesso nesse ano, é a torcida ter mais paciência e entender que o clube tem potencial para brigas entre os seis melhores do Campeonato Brasileiro, tem chances de ganhar o Paulitão (por que não?) e quem sabe, brigar pelo título inédito da Copa do Brasil.

               Não há como negar que a chegada de Alexandre Pato faz do Tricolor um clube mais forte, mais encorpado e que pode, ao menos, assustar seus adversários diretos em vários momentos nesse ano. Passa ser um time mais respeitado, sem dúvida nenhuma e que pode ter um ótimo desempenho.

               Sinceramente não vejo isso como uma ilusão e sim como uma realidade. É preciso dar tempo ao tempo, hoje no Brasil há muitos times fortes e com condição de ganhar tudo. O São Paulo passa a entregar esse seleto clube com Pato e com as novas caras que certamente vão chegar até e durante o campeonato nacional.

undefined
Twitter/Reprodução
Igor Gomes representa a base vencedora do São Paulo e vai conviver com Pato no time principal


                A mescla entre os garotos de Cotia, que a cada dia demonstram mais futebol e confiança quando atuam no time de cima e ganham status de “salvadores da pátria” e solução imediata; com os mais experientes e renomados como, Pato, Hernanes, Pablo, Volpi, e companhia limitada; pode dar muito certo, pode resultar em caneco (s) e pode marcar uma virada na recente história Tricolor.

Quer ser Narrador ou Narradora?

Dica do Narrador: seja cordial e gentil com seus companheiros de transmissão, afinal, o bom desempenho de todos faz a diferença para quem assiste.

                E para você, Pato terá sucesso nessa segunda passagem pelo São Paulo?

Leia também:  Cuca e o São Paulo de hoje