Bottas
Instagram
Bottas

Salve, salve, você que aprecia os perfumes da borracha e da gasolina queimadas pelos autódromos do mundo. Inauguramos, com esse post, um espaço muito especial aqui no IG Esportes para falar das corridas no Brasil e no exterior. E, desde já, convido você a participar. Bandeira verde agitada pra geral! É só chegar e, claro, ultrapassar, afinal de contas, já dizia o maior de todos: "Chegar é uma coisa, passar é outra".

E eu já chego, chegando e ultrapassando. Não tem melhor maneira de estrear o Borracha & Gasolina do que falando de Fórmula 1, a categoria principal, a rainha, a mãe de todas. Grande Prêmio da Emilia-Romagna, na Itália, a segunda etapa da temporada 2021. É apenas o segundo GP com este nome (o primeiro foi no ano passado, com vitória de Lewis Hamilton), mas a pista é uma velha conhecida de todos nós: o circuito-raiz e estreito de Ímola, por onde a Fórmula 1 já passou por 28 vezes.

Os treinos desta sexta reafirmaram que o ponto alto desta temporada será a disputa entre Hamilton e Max Verstappen, entre Mercedes e Red Bull. Só que, desta vez, até o Valtteri Bottas resolveu dar o ar da graça. Se na primeira etapa, no Bahrein, só deu Verstappen na liderança dos treinos, a Mercedes resolveu botar ordem na casa, com Bottas assumindo a P1 nas duas sessões. E a previsão ainda é de chuva para domingo na corrida. Se realmente a pista molhada se confirmar, vai ser ainda mais animado!

Primeiro treino livre

Os madrugadores que acordaram às 6h da matina viram um primeiro treino livre para lá de equilibrado: apenas 0s058 (metade do tempo de um piscar de olhos) separaram Bottas, o mais rápido, de Verstappen, o terceiro, com Hamilton (0s041 atrás do finlandês) entre os dois.

O treino também foi marcado por "destaques" negativos. Primeiro, as limitações no sempre excelente sinal da transmissão da FOM, sem rádios, quase sem gráficos, sem parciais. A justificativa foi de problema com a fibra, que leva o sinal. Ficou pobre demais para o telespectador, sempre acostumado com muitas informações. na tela. O problema técnico derrubou até a repórter Mariana Becker, na transmissão da Band Sports.

Outro "destaque", com muitas aspas, foi o russo Nikita Mazepin, da Haas, que rodou duas vezes na sessão, na última ainda bateu no muro, com o cronômetro quase zerado e pertinho da entrada dos boxes. As más línguas do paddock e das redes sociais já o estão apelidando de MazeSPIN de tanto que roda. A brincadeira vai sair cara para o papai Dmitry Mazepin, nada que afete muito, por ora, a fortuna estimada de R$ 39 bilhões dele. Mas, vale lembrar, é só a segunda de 23 etapas do ano.

Você viu?

E ainda teve um acidente entre Esteban Ocon e Sergio Perez, na curva 5, que paralisou o treino por sete minutos, mas ninguém viu, porque a transmissão não mostrou nem replay. Mas os comissários chamaram os dois para conversar.

Segundo treino livre

No segundo treino livre, sem Verstappen, que abandonou bem no começo com problemas no eixo de transmissão do carro e não voltou mais, ficou mole para a Mercedes. Bottas de novo na frente, com o melhor tempo do dia (1m15s551), apenas 0s010 à frente do companheiro Hamilton.

A sessão terminou dois minutos antes do previsto graças a uma bandeira vermelha causada por um acidente de Charles Leclerc, da Ferrari.

E fiquem ligados! Vale atenção redobrada ao treino classificatório de amanhã, porque largar na frente é fundamental para quem quer vencer em Ímola. Das 28 corridas em Ímola, nove foram vencidas pelo pole position e 18 por pilotos que largaram na primeira fila, inclusive as seis últimas. A pior posição de largada de um vencedor foi o quinto lugar.

Splash and Go (ou rapidinhas)

- Os problemas técnicos da transmissão da FOM tiraram um dos maiores prazeres do fã da Fórmula 1: acompanhar uma volta pela câmera onboard ouvindo a sinfonia dos motores. Na torcida para que a transmissão esteja 100% amanhã, do jeito que a gente gosta.

- O narrador Sergio Mauricio confirmou no ar que a Philco chega para ser a segunda patrocinadora da Fórmula 1 na Band. Excelente noticia para a emissora, que só tinha a Claro até então. Fortalece o projeto comercial da Fórmula 1 na Band.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários