Tamanho do texto

A seleção brasileira foi derrotada por 89 x 73 e perdeu a chance de se classificar para os Jogos Olímpicos através da Copa do Mundo

Brasil encarou os Estados Unidos no Mundial de basquete arrow-options
FIBA / Divulgação
Brasil encarou os Estados Unidos no Mundial de basquete

O Brasil enfrentou os Estados Unidos nesta segunda-feira (09), em partida que valia a vaga nas quartas de final da Copa do Mundo de basquete, mas foi derrotado por 89 x 73 e foi eliminado do torneio.

Leia também: Pivô do Los Angeles Lakers recebe mandado de prisão após denúncia de ex

Com a eliminação, o Brasil perdeu também a chance de conquistar uma vaga nas Olimpíadas de 2020 , em Tóquio. O Mundial dá um total de sete vagas para o torneio, uma para o melhor time africano, duas para os melhores das Américas, duas aos melhores da Europa, e uma para o melhor da Ásia e o melhor da Oceania.

Anderson Varejão disputa a bola no duelo do Brasil contra os EUA no Mundial de basquete arrow-options
FIBA/Divulgação
Anderson Varejão disputa a bola no duelo do Brasil contra os EUA no Mundial de basquete

"A gente lutou. Todos os jogos. Conseguimos passar em primeiro no grupo. Três vitórias. Uma em cima da Grécia que ninguém, acreditava. A gente teve um jogo muito ruim contra a República Tcheca, que custou caro. A gente fez tudo, do início ao fim, mas não foi suficiente", disse Anderson Varejão ao canal "Sportv".

"A gente sabe que não é fácil ganhar deles. Eles não são o que são por acaso. A gente tem que levantar a cabeça aqui e saber que não fez vergonha, bateu de frente com todo mundo".

Com Leandrinho, Brasil encarou os Estados Unidos no Mundial de basquete arrow-options
FIBA / Divulgação
Com Leandrinho, Brasil encarou os Estados Unidos no Mundial de basquete

A chance, porém, não foi a última do Brasil para se classificar para os Jogos Olímpicos. Em 2020, a seleção vai disputar o Pré-Olímpico, competição que ainda não tem data e local definido e dará 4 vagas para Tóquio.