Tamanho do texto

Bicampeão da NBA com o Lakers, Lamar quase morreu de overdose em 2015 após ser encontrado inconsciente num bordel próximo de Las Vegas

lamar odom
Reprodução
Lamar Odom lançou autobiografia no dia 28 de maio

No dia do lançamento de sua autobiografia intitulada “Darkness to Light: A Memoir” (Das trevas à Luz), o ex-jogador da NBA, Lamar Odom, concedeu entrevista ao programa americano Entertainment Tonight e fez diversas revelações sobre sua vida.

Leia também:  Estivemos lá! Confira tudo sobre a NBA House 2019 que está em São Paulo

Bicampeão com o Los Angeles Lakers, dono do prêmio de ‘melhor sexto homem’ de 2011 e medalha de prata com a seleção dos Estados Unidos na Olimpíada de Atenas 2004 e na Copa do Mundo de basquete de 2010, Lamar Odom falou muito sobre seus problemas com drogas.

“Se eu tivesse que dizer o quanto gastava com drogas, eu diria que cerca de 100 milhões de dólares (R$399 milhões na cotação atual)”, confessou o ex-atleta, que atribuiu o vício ao pai. “Ele passou o gene para mim”.

Lamar comentou que seu problema com drogas se agravou muito no ano de 2006, quando o seu filho caçula, Jayden, faleceu aos seis meses de idade. A causa da morte foi sufocamento quando o bebê dormia em seu berço.

Depois desse episódio, o ex-atleta se afundou nas drogas e se envolveu em diversas confusões fora das quadras. Em 2009 ele se casou com a socielity Khloé Kardashian. Por causa do vício, o relacionamento dos dois acabou em 2015, meses antes de Lamar quase morrer por overdose num bordel. Nesse meio tempo, ele também foi preso por dirigir embriagado e pagou uma finança de 15 mil dólares (R$ 59 mil).

lamar odom e khloé kardashian
Reprodução
Lamar Odom foi casado com Kholé Kardashian de 2009 a 2015

“Khloé levou muito tempo para descobrir o meu vício . Você não quer que sua esposa veja-o cheirando cocaína e dormindo com outra mulher”, comentou.

Além de Khloé, Lamar Odom teve outras muitas mulheres em sua vida. Trabalhando hoje com música e filmes, ele afirmou ao apresentador do programa que era viciado em sexo. “Eu não podia ir para casa sozinho. Com todas elas eu tive relações sexuais desprotegidas, e é por isso que tive que pagar por muitos abortos durante toda a minha vida”, disse.

Lamar atuou na NBA pelo Miami Heat, Dallas Mavericks, Los Angeles Clippers e Los Angeles Lakers.

Leia também:  Oscar 'viras as costas' para Neymar e detona: "Não é melhor que ninguém"

O livro de Lamar Odom está disponível no site da Amazon, em inglês, pelos preços de 16 dólares (R$63) capa dura e áudio/cd e por 23 dólares (R$ 91) no eBook. A biografia foi escrita em colaboração com Chris Palmer e tem 240 páginas.