Tamanho do texto

Tricampeão da NBA, craque do Los Angeles Lakers voltou a criticar o líder norte-americano e salientou: "Eu nunca me sentaria na frente dele"

Desafeto do atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , o ala recém-contratado pelo Los Angeles Lakers , equipe da NBA , LeBron James, voltou a criticar o político republicano, nesta terça-feira.

Leia também: LeBron James desabafa: "Ser negro nos Estados Unidos é difícil"

LeBron James concedeu entrevista à emissora CNN e voltou a criticar Donald Trump
Reprodução/CNN
LeBron James concedeu entrevista à emissora CNN e voltou a criticar Donald Trump

Para LeBron James , considerado por muitos o melhor jogador de basquete do mundo na atualidade, Trump utiliza o esporte para dividir o país entre negros e brancos, algo contrário do que ele sempre pensou e aprendeu.

"Estamos em uma situação agora, em que toda a questão racial tem se agravado. Acho que nosso presidente está tentando nos dividir. O que notei nos últimos meses é que usou o esporte para nos dividir. Isso é algo que não posso entender", afirmou o camisa 23 em entrevista à emissora norte-americana CNN . "Não posso me calar e não dizer nada", acrescentou.

Natural de Akron, onde inclusive abriu uma escola pública nesta segunda-feira, James disse que o basquete fez ele conhecer pessoas brancas e perceber que o esporte tem o poder de unir.

"Eu tive a oportunidade de ver os brancos e aprender sobre eles, e eles tiveram a oportunidade de aprender sobre mim ... E eu fiquei tipo 'Oh uau, isso é tudo por causa do esporte'", lembrou.

Leia também: LeBron e Durant criticam Donald Trump: "Não dá a mínima para o povo"

LeBron também foi perguntado o que diria ao chefe da Casa Branca caso pudesse conversar com ele, mas foi enfático na resposta: "Eu nunca me sentaria na frente dele".

Tricampeão da NBA disse ainda que se inspira em Muhammad Ali e Martin Luther King para enfrentar o racismo nos Estados Unidos: Eles sempre usaram isso para dizer 'OK, isso ainda me dá mais motivação, isso é uma maneira de eu ser ainda mais poderoso.' E - e eles são a razão pela qual estamos aqui hoje", salientou.

Leia também: LeBron fala pela primeira vez sobre ida ao Lakers: "Sonho que virou realidade"

Outras críticas de LeBron James a Donald Trump

LeBron James apareceu com a mão enfaixada após perder às finais da NBA deste ano e revelou lesão
Reprodução/Twitter
LeBron James apareceu com a mão enfaixada após perder às finais da NBA deste ano e revelou lesão

Esta não é a primeira vez que LeBron James , quatro vezes MVP (jogador mais valioso) da NBA, critica Trump. No início deste ano, o ala disse que o político "não dá a mínima para o povo". Em agosto do ano passado, ele classificou o bilionário como "imbecíl".

    Leia tudo sobre: nba donald trump