Tamanho do texto

Camisa 23 quer levar o segundo maior campeão da NBA 'novamente para o topo'; ele falou ainda sobre a abertura de uma escola pública em sua cidade

A principal mudança para a próxima temporada da NBA , sem dúvida, foi a ida de LeBron James para o Los Angeles Lakers - ele estava no Cleveland Cavaliers . Mas o camisa 23, desde que foi anunciado oficialmente, em 1º de julho, ainda não havia se pronunciado. Neste domingo, no entanto, por meio de sua produtora, o maior jogador de basquete da atualidade falou sobre a escolha por defender a segunda franquia mais vencedora da liga norte-americana.

Leia também: Ibrahimovic dá boas-vindas a LeBron: "Los Angeles agora tem um Deus e um rei"

LeBron James será jogador do Los Angeles Lakers na próxima temporada
Divulgação/LJFamFoundation
LeBron James será jogador do Los Angeles Lakers na próxima temporada

"Isso é um sonho que virou realidade para mim. Eu cresci sendo fã dos (Dallas) Cowboys, do (Chicago) Bulls, do (New York) Yankees. Você vê o Lakers... e poder jogar por uma franquia histórica, com tanta história, sabe? E agora podendo fazer parceria com Magic Johnson, alguém que eu acompanhei quando era jovem e queria imitar os passes sem olhar do Magic, ser 'showtime' como Magic, e aí para tudo se concretizar nesse momento, acho que 'timing' é tudo", afirmou LeBron .

"Para mim, estar nessa posição agora, o entusiasmo de ser um 'laker', estou feliz de fazer parte disso porque eu acredito que o Lakers é uma franquia histórica. Todos nós sabemos disso. Mas é uma franquia campeã, e é isso que vamos tentar ser de novo, estou feliz de fazer parte da cultura e de fazer parte dessa retomada para topo", acrescentou o jogador de 33 anos, em vídeo (assista ao fim desta matéria, em inglês).

Leia também: Movimentações na NBA: Raptors e Spurs trocam Kawhi Leonard por DeMar DeRozan

O lamento de LeBron

A equipe da escola
Divulgação/IPROMISESchool
A equipe da escola "I Promisse" (Eu prometo), aberta por LeBron James em sua cidade natal

Apesar de estar satisfeito e 'realizando um sonho', LeBron lamentou o fato de deixar sua cidade natal, Akron, próxima a Cleveland, onde fez história e conquistou um título. Isso porque ele inaugurou uma escola pública para crianças carentes, mas agora não poderá acompanhar a evolução dos jovens.

"Eu conheço essas crianças, basicamente, mais que elas mesmas. Eu andei por essas ruas, eu tive as mesmas emoções, boas, ruins, sei as adversidades pelas quais vão passar, drogas, violência, armas. Eu sei disso. E estar numa posição em que eu tenho a estrutura financeira, de pessoal, tenho a cidade. Então por que não? Por que não ajudar os outros?", indagou James.

Leia também: Tricampeão da NBA, Dwyane Wade recebe proposta da China de R$ 93 milhões

"É um sentimento meio ambíguo pelo momento, porque por um lado eu tenho uma nova escola que está abrindo e eu quero estar aqui no dia-a-dia, dando total apoio a elas. Por outro, eu estou me mudando, indo para Los Angeles", completou.

A escola pública "I Promise" (Eu prometo, em inglês) foi inaugurada nesta segunda-feira e receberá 240 pessoas no primeiro dia. A ideia da direção do colégio é que chegue a mil alunos em 2022, quando terá oito séries. Os estudantes terão direito a café da manhã, almoço, lanche e transporte, além de suporte acadêmico, profissional e emocional para eles e sues parentes. Segundo LeBron , o dia 30 de julho ficará marcado como um dos melhores de sua vida.


    Leia tudo sobre: nba